Ferroviária assina carteira de seis jogadoras do futebol feminino

espnW.com.br

Jonatan Dutra/Ferroviária
Jogadoras da Ferroviária têm carteira assinada
Jogadoras da Ferroviária têm carteira assinada

Dando mais um passo para valorizar suas atletas e profissionalizar a profissão no Brasil, o futebol feminino da Ferroviária assinou contrato, em carteira de trabalho, com seis atletas do seu elenco, renovando, assim, para a temporada de 2018. A Ferroviária é um dos clubes pioneiros no Brasil a tomar essa atitude com suas jogadoras.

A zagueira Géssica, a lateral-esquerda Barrinha, as meias Patrícia e Raquel, a atacante Ludmilla e a goleira Luciana, foram as atletas que tiveram seus contratos renovados e também as carteiras de trabalho assinadas.

Representando as meninas, a zagueira Géssica falou sobre a atitude da Ferroviária. “O clube está saindo na frente para, quem sabe, incentivar os demais a também começarem a fazer isso. Nós merecemos esse reconhecimento e agora, podemos dizer que somos jogadoras profissionais”, afirmou.

Para a zagueira, isso fortalece ainda mais a modalidade. “É algo que pode mudar muita coisa para nós, além de nos dar uma segurança maior. Estamos muito felizes com esse momento e torcemos para que outras atletas de todos os clubes também sejam beneficiadas com a assinatura na carteira”, finalizou.

Ana Lorena Marche, coordenadora geral do projeto, comenta sobre o contrato “É um momento histórico dentro da Ferroviária e dentro do cenário do futebol feminino no Brasil. A valorização das atletas, é de suma importância para modalidade. Desta forma, as jogadoras e os gestores podem encarar a prática com mais profissionalismo. Espero que essa atitude incentive mais clubes. O futebol feminino no país, precisa da profissionalização e isso vai incentivar também mais meninas à prática, fomentando cada vez mais modalidade para o futuro.”

De acordo com Ana Lorena, o clube espera que, aos poucos, todas as atletas tenham carteira assinada.