Brasil pode enfrentar Espanha no novo estádio do Atlético de Madri

ESPN.com.br com agência Gazeta Press

Getty Images
Neymar brilhou na vitória do Brasil sobre a Espanha na final da Copa das Confederações de 2013
Neymar brilhou na vitória do Brasil sobre a Espanha na final da Copa das Confederações de 2013

A seleção brasileira já está confirmada na Copa de 2018 e, assim, o técnico Tite e sua comissão técnica já pensam na preparação do time para o torneio. Um dos objetivos é a realização de amistosos contra equipes importantes, que também devem estar no Mundial.

Além de duelo já confirmado contra a Alemanha, em março do próximo ano, existe a possibilidade também de o Brasil encarar a Espanha, fora de casa, no próximo mês de novembro. De acordo com informações do jornal Marca, a chance de o amistoso ocorrer é grande.

A publicação relata que a partida seria realizada no novo estádio do Atlético de Madrid, que está em fase final de construção, e marcaria a primeira exibição da Fúria no local. A CBF também gosta da ideia de enfrentar os espanhóis.

Os europeus ainda precisam confirmar sua vaga na Rússia, o que deve acontecer sem maiores problemas. Em outubro, os campeões mundiais em 2010 encaram Albânia e Israel. Se não tropeçar em nenhuma das seleções, garante lugar na Copa e abre espaço para amistosos na data Fifa de novembro, reservada para a repescagem.

Para Hofman, Tite deu ‘apertada’ em Casemiro ao dizer que Fernandinho pode ser titular da seleção


A última vez que Brasil e Espanha se encontraram foi na final da Copa das Confederações de 2013, no Maracanã. Na ocasião, o time de Luiz Felipe Scolari dominou a Fúria e marcou 3 a 0, com dois gols de Fred e um de Neymar, confirmando o título da competição.

Depois dos títulos da Euro em 2008 e 2012, além da Copa de 2010, a derrota para a Seleção foi o primeiro passo na queda dos espanhóis, que um ano depois caíram na primeira fase do Mundial, dando fim à geração vitoriosa e abrindo espaço para novos atletas, como o meia Isco e o atacante Morata.