Raonic estará de fora do US Open por lesão no punho

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Getty
Raonic estará de fora do US Open por conta de lesão
Raonic estará de fora do US Open por conta de lesão

Número 11 do mundo, o canadense Milos Raonic será baixa no US Open, que acontece no próximo dia 28, por conta de uma lesão no punho esquerdo. Através das redes sociais, o tenista afirmou que tentou fazer de tudo para poder disputar o torneio.

“Estou escrevendo para atualizá-los quanto a minha lesão. Como vocês sabem, eu estava me recuperando de um machucado no punho esquerdo, que me preocupou por muitas semanas e me fez ficar fora do Masters. Eu tentei fazer tudo que estava ao meu alcance para me recuperar a tempo do US Open, que é um evento tão especial para mim. Ainda assim, a lesão continua e, em contato com meus médicos, eu não terei outra opção a não ser abrir mão deste evento”, escreveu o jogador, em seu perfil oficial.

Por conta dessa situação, Raonic nem ao menos participou do Masters 1000 de Montreal, priorizando o US Open, que poderia lhe trazer resultados melhores. Pelo último Grand Slam do ano, o tenista ainda não foi muito longe. No ano passado, foi eliminado na segunda rodada. No entanto, seus melhores resultados foram em Nova Iorque, pelas oitavas de final em 2012 e 2014.

Ainda que tenha chegado às quartas de final do Australian Open e de Wimbledon, sua temporada vem sendo interrompida pelas lesões e inúmeras trocas de treinadores.

Confira na íntegra o comunicado do tenista:

“Para todos meus amigos e fãs,

Estou escrevendo para atualizá-los quanto a minha lesão. Como vocês sabem, eu estava me recuperando de uma lesão no punho esquerdo, que me preocupou por muitas semanas e me fez ficar fora do Masters. Eu tentei fazer tudo que estava ao meu alcance para me recuperar a tempo do Aberto dos Estados Unidos, que é um evento tão especial para mim. Ainda assim, a lesão continua e, em contato com meus médicos, eu não terei outra opção a não ser abrir mão deste evento. Hoje, eu passei por um procedimento para remover partes do meu osso que estão me causando desconforto e prevenir para estar apto a jogar como normalmente posso. Eu tenho muito respeito pelo Aberto dos Estados Unidos e meus adversários que irão tomar lugar no sorteio, quando sei que não posso dar todo o esforço devido à lesão.

Estou devastado por perder este evento e uma chance de jogar na frente da fantástica multidão de Nova York, mas eu realmente não tinha outras opções. Já estou de volta ao ginásio iniciando minha reabilitação e espero ser recuperado em questão de semanas. Estou ansioso para reencontrar a turnê mais saudável e mais forte e terminar o ano de 2017 de forma adequada.

Obrigado por todo o apoio. Vou mantê-lo atualizado nos próximos dias, e espero ver todos vocês em uma partida em breve”.