Mano destaca necessidade de atenção para partida de volta: 'Índice de erro tem que ser baixo'

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
ESPN
Mano mostrou confiança na equipe após derrota na partida de ida
Mano mostrou confiança na equipe após derrota na partida de ida

O resultado diante do Grêmio, na noite dessa quarta-feira, no Rio Grande do Sul, não foi o esperado pelos torcedores do Cruzeiro. A derrota por 1 a 0, porém, foi considerada reversível pelos jogadores na saída de campo.

O técnico Mano Menezes, inclusive, ressaltou que a equipe não terá que fazer milagres na próxima semana, quando as equipes decidem a vaga para a final da Copa do Brasil, no Mineirão.

Fábio falhou ao espalmar para o meio? Zetti responde: ‘Grande defesa no primeiro momento’

“O Cruzeiro vai ter a última oportunidade de passar para a final da Copa do Brasil. Penso que o Cruzeiro jogou por várias vezes o futebol que eu quero, ou que eu queria que jogasse. Nós sabemos que temos condições de jogar. Não vamos atrás de milagre na quarta-feira que vem. Vamos atrás de um jogo de futebol que já fizemos, inclusive contra o Grêmio, em termos de qualidade e desempenho de jogo”, destacou o treinador que pediu erro zero da equipe.

“A gente sabe que nessa hora o índice de erro tem que ser baixo, pois o Grêmio se aproveita bem das condições que seus adversários oferecem. Mas nós vamos fazer na quarta-feira, podem ter certeza. E o cruzeirense pode confiar na nossa equipe do início ao fim”, acrescentou.


Para passar para a final, o Cruzeiro precisa ganhar por dois gols de diferença. Se vencer por 1 a 0 a decisão vai para os pênaltis. Caso vença por apenas um gol de diferença com gols do Grêmio o time gaúcho avança.