Em fiasco histórico, David Luiz marca, mas Chelsea leva três gols no 1º tempo e perde em estreia

ESPN.com.br
Veja os gols da vitória do Burnley sobre o Chelsea por 3 a 2

Enquanto Diego Costa segue com suas férias em Lagarto, interior de Sergipe, mantém a sua forma e partiu para batalha na Justiça contra o clube, o Chelsea iniciou a sua defesa de título neste fim de semana.

Não foi como se esperava. Foi constrangedor. Vergonhoso. E, não seria exagero algum dizer, também histórico. O time comandado por Antonio Conte, desafeto do brasileiro naturalizado espanhol e responsável por seu afastamento, teve o zagueiro Cahill expulso aos 13 minutos do primeiro tempo e acabou sendo atropelado pelo Burnley e perdendo por 3 a 2 neste sábado, em Stamford Bridge.

Como marca negativa, os três gols sofridos pelos londrinos ainda nos 45 minutos iniciais.

Nunca na história do clube isso havia acontecido. Não existe paralelo também nas estreias de outros campeões ingleses.

O único a perder em sua abertura de campanha pós-conquista, ainda que não em circunstâncias catastróficas, havia sido o Leicester no ano passado.

Foi uma tarde para os torcedores do Chelsea esquecerem.

Chelsea leva três gols do Burnley no 1º tempo e sai de campo vaiado no intervalo

Com diversos desfalques por lesão e suspensão, os Blues viram Vokes abrir o placar para o Burnley aos 23 minutos do primeiro tempo. Ward e Vokes, mais uma vez, ampliaram antes do intervalo. Na volta para a etapa final, Morata diminuiu em grande assistência de Willian.

Um dos poucos jogando bem, o meia brasileiro ainda descolou outro passe para Christensen marcar, porém, Morata, que resvalou na bola, foi flagrado em impedimento.

Para enterrar qualquer chance de reação, Fàbregas ainda foi expulso no fim. Nem o gol de David Luiz aos 43 minutos evitou a derrota para o Burnley, que ainda acertou a trave em cobrança de falta. Sobraram vaias ao apito final.

Agora, o Chelsea terá sequência complicada contra Tottenham (fora), Everton (casa) e Leicester (fora) para reagir no campeonato.