Sueca quebra recorde mundial; Hosszu e Le Clos conquistam ouro

Agência Gazeta Press
FRANCOIS-XAVIER MARIT/AFP
Sarah Sjostrom levou a medalha de ouro
Sarah Sjostrom levou a medalha de ouro

Nesta sexta-feira foi realizado o primeiro dia de disputas em Eindhoven, na Holanda, pela terceira etapa do Copa do Mundo de natação em piscina curta. A competição teve recorde mundial quebrado e favoritos conquistando a medalha de ouro.

Nos 100m livre feminino, a sueca Sarah Sjostrom quebrou o recorde mundial da prova ao fechar com o tempo de 50s58, conquistando o ouro. A segunda colocação ficou com a holandesa Ranomi Kromowidjojo, com 51s19, e a australiana Cate Campbell fechou o pódio com 51s75.


Quem também confirmou o favoritismo foi a multicampeã Katinka Hosszu. Nos 200m costas, a húngara venceu com o tempo de 2min00s05, seguida pela australiana Emily Seebohm (2min01s15) e pela holandesa Kira Toussaint (2min07s43).

Nos 200m borboleta masculino, o principal candidato ao ouro subiu ao posto mais alto do pódio. O sul-africano Chad Le Clos, vencedor da prova nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, anotou 1min48s67. A prata foi para Tom Shields, dos Estados Unidos, com 1min49s29, e o bronze para o japonês Masayuki Umemoto, com 1min52s12.

Neste sábado, a competição segue em Eindhoven. Depois disso, a quarta etapa da Copa do Mundo será realizada em Hong Kong, entre 30 de setembro e 1º de outubro.