Custo, prazos, naming rights, projeto: conheça o duelo entre Barcelona e Real para ter o melhor novo estádio

ESPN.com.br

Montagem - Divulgação
Santiago Bernabéu ou Camp Nou: qual estádio ficará mais bonito após a reforma?
Santiago Bernabéu ou Camp Nou: qual estádio ficará mais bonito após a reforma?

Vencedores de seis das últimas nove Uefa Champions League e dominantes no futebol espanhol, Real Madrid e Barcelona têm protagonizado um dos confrontos mais aguardados nos gramados da Europa. E o próximo duelo já tem data marcada e está próximo: domingo, às 17h (de Brasília), no Camp Nou, pela ida da Supercopa da Espanha.

Porém, além disso, os rivais também fazem um embate cheio de badalação fora dos campos: os seus futuros estádios. Qual será o melhor? Confira detalhes de cada um deles e tire suas próprias conclusões.

  • Nou Camp Nou

As reformas no estádio começarão em 2018, transformando o campo do Barça em um dos mais modernos da Europa, com capacidade para 105 mil torcedores. Segundo os catalães, tudo sairá a um custo estimado de 628 milhões de euros (R$ 2,28 bilhões), com finalização estimada no máximo até 2022.


Segundo o Barcelona, no ‘novo Camp Nou', todos os lugares serão cobertos, terão visão para os telões e não haverá pontos-cegos. A cobertura, que terá 47 mil metros quadrados, terá um sistema para aproveitar a água da chuva. Além disso, a capacidade será aumentada dos atuais 99 mil pessoas para 105 mil - apesar disso, o clube promete ampliar o espaço entre as cadeiras, ampliando o conforto.

A ideia do Barcelona é seguir atuando em sua casa durante a reforma. Por fim, os naming rights seguem algo em aberto, já que desde 2015, segundo o jornal El País, a ideia do clube é conseguir 200 milhões de euros com tal recurso.

Veja imagens da reforma do gramado do Camp Nou

Veja como será o Novo Camp Nou, tido como o 'melhor estádio do mundo'

  • Santiago Bernabéu

Foi no início de 2014 que o Real apresentou o projeto de reforma do estádio, que foi inaugurado em 1947. Além da reforma completa, há a previsão de inaugurar um hotel junto de toda a estrutura. Já naquela data Pérez exibiu as imagens do projeto vencedor, formado por GMP Arquitectos e L35 Ribas.

Com capacidade para 85.454 torcedores, o Santiago Bernabéu já passou por outras três reformas anteriormente. Agora terá a cobertura atual demolida para a construção de uma nova, que será retrátil, e uma ampla área verde em frente ao estádio.

Em fevereiro deste ano, o clube teve aprovado o plano de reforma, dispondo-se a arcar uma obra de 13 milhões de euros, que farão uma área de 37 mil m² no entorno passar por uma transformação que promete alavancar ainda mais os rendimentos do clube. O projeto conta com a ampliação do museu do Real Madrid e um novo hotel de luxo, principal destaque das obras. A altura do Santiago Bernabéu também aumentará entre 12 e 13 metros, o que fará do grande estádio ainda mais notório.

Com a aprovação da prefeitura, a tendência é que as obras possam começar já no fim da atual temporada, se desenvolvendo no decorrer de 2018 e 2019. A ideia dos merengues é que toda a reforma seja bancada apenas por patrocinadores. A empresa que aceitar o acordo passará a dar nome ao local.  

Prefeitura de Madri autoriza reforma no Santiago Bernabéu; obra custará 13 milhões de Euros