Sánchez não jogará estreia do Arsenal no Inglês, mas Wenger desconversa sobre PSG

ESPN.com.br
Wenger pede que Lacazette siga exemplo de Ibrahimovic: ‘Na França, marcava a cada 80 minutos’

O chileno Alexis Sánchez vai perder os dois primeiros compromissos do Arsenal na Premier League. O técnico Arsene Wenger justificou a ausência por dores abdominais e desconversou sobre o interesse de outros clubes, principalmente do PSG, no jogador nesta reta final da janela de transferências.

“Alexis não estará disponível. Ele tem um pequeno problema abdominal, sofrido no domingo, no treino, antes que fossemos para Wembley (para a Supercopa da Inglaterra). Ele fez exames e está fora por um tempo”, disse o treinador, que estreia no Inglês na sexta-feira, contra o Leicester City. 

“Não sei se será por duas ou uma semana, mas ele não estará disponível. Acho que ele não jogará contra o Stoke também”, acrescentou Wenger já sobre o segundo compromisso dos Gunners – a ESPN Brasil e o WatchESPN transmitem Arsenal x Leicester, ao vivo, na sexta, às 15h35 (de Brasília).

“Para nós Alexis Sánchez é uma perda, claro. Mas nós temos todos os outros jogadores preparados em nossa pré-temporada, e eles estão todos prontos. Isso pode acontecer na pré-temporada e, de qualquer forma, não acho que o teria colocado para jogar no domingo (contra o Chelsea, na Supercopa).”

Com um ano restante de contrato, o atacante chileno tem sido alvo de inúmeras especulações desde a abertura do mercado, mas Wenger sempre insistiu que o clube não o venderia – apesar do risco de Sánchez poder assinar um pré-contrato no fim de 2017 e sair de graça ao final da temporada.

Ela voltou! É sexta, 15h35, na ESPN Brasil e WatchESPN: Arsenal e Leicester pela Premier League

“Só acho que não estamos abertos, como já disse muitas vezes, para nenhuma oferta, de qualquer forma. Faz tempo que não falo com Nasser (Al Khelaifi, presidente e dono do PSG), porque certamente dá muito trabalho completar uma transferência como a de Neymar”, afirmou Wenger, sobre o PSG.

Ao ser perguntado se será contatado pelo velho conhecido e mandatário do PSG por Sánchez, o francês desconversou. “Não, não. Acho que se você lê os jornais da França, eles estão trabalhando em (Kylian) Mbappé para finalizar o mercado de transferências deles”, despistou.