Nascido em Chapecó, pivô do Barça conhece delegação e troca camisa com Alan Ruschel

ESPN.com.br
Paco Largo/FCB
Ferrão e Alan Ruschel trocaram camisas durante encontro em Barcelona
Ferrão e Alan Ruschel trocaram camisas durante encontro em Barcelona

Carlos Vagner Gularte Filho, o Ferrão, é um dos melhores jogadores de futebol de salão da Europa. Primeiro na Rússia e hoje na Espanha, o pivô brasileiro já foi convocado para a seleção e é destaque na equipe do Barcelona.

Nascido em Chapecó, o jogador estava na Europa quando aconteceu o desastre aéreo que matou 71 pessoas entre delegação da Chapecoense, políticos e jornalistas em novembro do ano passado, na Colômbia.

Neste domingo, ele teve a oportunidade de conhecer o elenco que disputará na segunda-feira o troféu Joan Gamper diante do Barcelona no Camp Nou.

Wellington Paulista relembra que já fez gol contra o Barcelona e projeta amistoso da Chapecoense

"Meu pai jogava na Chapecoense quando eu era pequeno, e eu sempre que podia o acompanhava, e por isso o Gamper será ainda mais especial para mim", disse o pivô de futsal ao site do Barcelona. "Meus amigos de Chapecó me dizem sempre que o único clube que ajudou de verdade a Chapecoense foi o Barça, e para mim isso é motivo de orgulho".

Além de conversar com jogadores, comissão técnica e dirigentes, Ferrão trocou camisas com o lateral esquerdo Alan Ruschel, um dos seis sobreviventes do acidente trágico e que voltará aos gramados exatamente na disputa do torneio amistoso.

Eles trocaram camisas de Barcelona e Chapecoense e posaram para fotos no centro de treinamento do Barça, onde a equipe catarinense treina. "Muito especial e gratificante", assim Ferrão definiu o encontro.


A disputa pelo troféu Joan Gamper acontece nesta segunda-feira, a partir das 15h45 (de Brasília).