PGL Kraków: Com 35 eliminações de coldzera, SK atropela Astralis

ESPN.com.br

PGL
Melhor jogador do mundo teve atuação histórica na Inferno
Melhor jogador do mundo teve atuação histórica na Inferno

Marcelo “coldzera” David mostrou mais uma vez porque é o melhor jogador do mundo. O rifler da SK Gaming comandou o atropelo dos brasileiros contra a Astralis no PGL Kraków Major, conseguindo nada menos do que 35 eliminações e apenas 10 mortes ao longo de 24 rounds.

Com isso, a SK fez 16-8 nos dinamarqueses, em duelo disputado na Inferno. Com a vitória, a equipe brasileira chega a duas vitórias em dois jogos na competição, ao lado de Gambit e BIG.

O próximo adversário da SK será conhecido no fim deste segundo dia, após o duelo entre Fnatic e Virtus.pro, às 18h15.

Raio-x da partida

Como terrorista, a SK teve uma de suas mais belas atuações dos últimos tempos. Principalmente coldzera, que terminou a primeira etapa com 23 eliminações e apenas 3 mortes. Com execuções em dia e aproveitando de pequenos erros da Astralis, os brasileiros abriram 13-2 de vantagem no intervalo.

Depois da virada, cold e a SK venceram o pistol, perderam no forçado adversário, e viram a Astralis conseguir quatro pontos consecutivos.

O rifler apareceu mais uma vez, conseguiu três abates com a Desert Eagle, quebrando a sequência dinamarquesa. A Astralis ainda conquistou mais um ponto, mas não foi capaz de parar os brasileiros, que fecharam a partida em 16-8.

Outros resultados

Marcado por problemas técnicos, o duelo entre BIG e Cloud9, na Inferno, terminou com vitória alemã. Criticados por serem a única equipe a não abrir mão do "bug do pulo", os comandados de Fatih "gob b" Dayik tiveram uma ótima atuação como terrorista - incluindo uma situação onde usaram a falha de maneira decisiva -, e fizeram 12-3 ainda na primeira etapa. Os norte-americanos reagiram na primeira etapa, mas já era tarde. Final: 16-11 para a BIG.

Já no duelo entre Gambit e G2 na Cache, o supertime francês se deu mal. Com grande atuação de Dauren "AdreN" Kystaubayev, a equipe da Comunidade dos Estados Independentes (CIS) não deu chances aos adversários e venceu por 16-6, indo para a segunda vitória no torneio.