Jornal: clima quente em intervalo da final da Champions ajudou Bonucci a trocar Juventus pelo Milan

ESPN.com.br
Bonucci chega ao Milan e é recebido com estrondosa festa; veja

Três dias após o zagueiro Leonardo Bonucci trocar a Juventus, equipe da qual é ídolo, pelo Milan, a imprensa italiana segue investigando os motivos que fizeram o atleta da seleção italiana resolveu deixar a "Velha Senhora", com quem foi hexacampeão italiano e vice-campeão da Uefa Champions League

Segundo a Gazzetta dello Sport, porém, foi a própria Liga dos Campeões que acabou tirando Bonucci de Turim.

De acordo com o jornal, o zagueiro ficou extremamente irritado no intervalo da final contra o Real Madrid, em 3 de junho. Mesmo com o placar marcando 1 a 1, ele contestou o técnico Massimiliano Allegri e exigiu que o técnico substituísse o também defensor Andrea Barzagli, que companheiro de zaga - Bonucci considerou que o veterano falhou na marcação e permitiu a Cristiano Ronaldo abrir o placar para os merengues em Cardiff. 

Que tumulto! Bonucci encara multidão e chega ao Milan com status de ídolo

No entanto, Allegri não seguiu deu bola para Bonucci, o repreendeu e manteve Barzagli em campo. Na segunda etapa, a Juve acabou sucumbindo de vez e acabou derrotada por 3 a 1, amargando mais um vice - o 2º nos últimos três anos - na decisão da Champions.

Depois disso, ainda segundo a Gazzetta, a relação entre Bonucci e Allegri, que já não era das melhores (o defensor já havia sido barrado pelo técnico de partida contra o Porto, também pela Liga dos Campeões, após uma discussão forte), ficou ainda mais deteriorada.

Por isso, ao saber do interesse do Milan, o atleta da seleção italiana pediu para ser negociada, e a "Velha Senhora" acabou aceitando a proposta de 40 milhões de euros (R$ 1458,8 milhões) dos rubro-negros pelo atleta. 

Mauro elogia contratação de Bonucci e Bertozzi aponta diferenças do zagueiro com técnico da Juventus

No novo clube, Bonucci assinou até 2022 e ganhará um salário anual de 7,5 milhões de euros (R$ 27,42 milhões).  Ele será o novo camisa 19 rubro-negro, além de ganhar a faixa de capitão do time.

A saída do jogador, conhecido por seu temperamento forte, dividiu opiniões em Turim. Nas redes sociais, alguns atletas postaram mensagens de despedida para Bonucci, como o próprio Barzagli, um dos pivôs da grande briga na final da Champions: "Será muito estranho não te encontrar mais no vestiário", postou.

Outros permaneceram calados, ou preferiram alfinetar. Foi o caso de Giorgio Chiellini, o outro membro do forte trio de zaga que por anos comandou a Juve. Em seu Instagram, ele postou uma foto do escudo do clube de Turim com a legenda: "Alguns se vão, outros ficam". 

Como fica? Léo Bertozzi escala provável time do Milan repleto de novidades para próxima temporada

A briga em Cardiff, aliás, também foi apontada pela imprensa italiana como fator decisivo para a saída do lateral direito Daniel Alves, contratado recentemente pelo Paris Saint-Germain. O brasileiro, porém, negou que o conflito tenha sequer ocorrido.