João Paulo vai bem em estreia e espera sequência no gol do Santos

Gazeta Press
GUILHERME DIONIZIO/Gazeta Press
João Paulo estreou em jogos oficiais pelo elenco profissional do Santos no último domingo
João Paulo estreou em jogos oficiais pelo elenco profissional do Santos no último domingo

O sofrível empate em 0 a 0 entre Vasco e Santos, neste domingo, no Engenhão, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, pode não ter agradado a maioria dos torcedores. Porém, uma pessoa em especial não esquecerá o dia 16 de julho de 2017. Debutando em um jogo oficial pelo time do litoral paulista, o goleiro João Paulo passou no teste, fez boas defesas e ganhou moral com o técnico Levir Culpi.

Apenas o terceiro reserva para a posição, o jovem de 22 anos acabou caindo na ‘fogueira’, precisando substituir Vanderlei e Vladimir, lesionados. Empolgado, o arqueiro lamentou apenas o fato de nenhum torcedor ter visto sua estreia, afinal, o estádio Nilton Santos, após punição do STJD, não teve os portões abertos para o duelo deste domingo

“Fico feliz com a minha estreia, pude ajudar meus companheiros. Não foi o resultado que a gente queria, mas esse ponto fora de casa vai ser importante lá na frente. Fico feliz com essa estreia e a confiança do Levir. Infelizmente, futebol sem torcida é meio sem graça. Preferia que tivesse torcida, mas independentemente disso, conseguimos fazer um bom trabalho. Nossa equipe se comportou bem defensivamente, em um lance ou outro não caprichamos no ataque”, disse João Paulo na saída do gramado.

Levir dá a declaração mais honesta possível sobre Vasco x Santos; veja

Para o duelo contra a Chapecoense, na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), a comissão técnica espera que Vanderlei já esteja à disposição. Porém, caso o titular não se recupere de dores no glúteo, João Paulo seguirá embaixo da meta santista.