PGL Kraków: Immortals luta, mas perde na prorrogação para Astralis

ESPN.com.br
HLTV.org
kNg e seus companheiros acabaram derrotados no primeiro jogo
kNg e seus companheiros acabaram derrotados no primeiro jogo

Não faltou entrega no último duelo do dia do PGL Kraków Major. Na prorrogação, a brasileira Immortals foi derrotada pela atual campeã Astralis, com 19-17 na Overpass, e estreou no torneio de US$ 1 milhão de dólares com derrota.

Jogando em um mapa favorito das duas equipes, a partida teve altos e baixos para ambos os lados. Depois de estar atrás no placar, os brasileiros buscaram o resultado, conseguiram a vantagem, mas acabaram perdendo o match point. Na prorrogação, melhor para os dinamarqueses, que saíram com a vitória.

Com o resultado, a Immortals cai para o grupo das equipes 0-1. Os brasileiros voltam a jogar nesta terça-feira (17), contra a Vega Squadron, às 10h30.

Raio-X da partida

A Immortals surpreendeu a todos ao selecionar a Overpass, mapa que é forte para os brasileiros mas é reconhecidamente o melhor para os adversários. Como terrorista, a equipe abriu a primeira etapa fazendo por 3-0, mas perdeu no primeiro armado.

Depois disso, os dinamarqueses tomaram o controle da partida, virando o placar e não saindo mais da liderança. Com Markus "Kjaerbye" Kjærbye como destaque, a Astralis fechou a etapa em 9-6.

O segundo tempo foi de muita emoção. Depois de perder os três primeiros rounds, a equipe brasileira contou com o crescimento de Lucas “steel” Lopes e Lucas “lucas1” Teles, que conseguiram recolocar a Immortals no jogo. Com facilidade na retomada de bombsites, a Immortals colocou o placar em 12-14.

Vito “kNg” Giuseppe foi outro que cresceu nos rounds finais, colocando a Immortals no match point com 15-14 e virando o jogo. No último round, porém, os brasileiros perderam e tiveram de encarar a prorrogação.

Na prorrogação, melhor para os dinamarqueses. Depois das equipes trocarem rounds até o 17-17, a Astralis fez valer a vantagem defensiva do mapa, venceu dois rounds como CT e fechou a partida em 19-17.

Outros resultados

No duelo entre BIG e FaZe Clan, a primeira zebra do major. Na Inferno, depois de um primeiro tempo muito disputado e com os alemães vencendo por 8-7, a segunda etapa foi um passeio. Como CT, Johannes "tabseN" Wodarz comandou o domínio da BIG, que só perdeu um round no lado defensivo e venceu a partida por 16-8.

No embate entre Cloud9 e North, a equipe norte-americana saiu com a vitória na Mirage. A tarde inspirada de Jordan “n0thing” Gilbert fez a diferença no duelo equilibrado. Depois de uma disputa acirrada até o 22º round, onde o placar mostrava 11-11, a C9 acertou as execuções como terrorista e levou a melhor por 16-12.

O jogo entre G2 e Natus Vincere, na Overpass foi o mais emocionante. A começar pela escolha do mapa, que foi feita depois que a G2, que não conseguia se decidir, tirou um “cara ou coroa” para escolher entre Overpass e Nuke, os dois mapas restantes. Começando como CT, a equipe de Aleksandr “s1mple” Kostyliev abriu uma larga vantagem na primeira etapa, não dando chance aos franceses e abrindo 12-3. Depois da virada, porém, uma incrível reação de Kenny “kennyS” Schrub e companhia custou o jogo a Na`Vi. No final, virada por 16-14 para a G2.

Próximos jogos

Os jogos do segundo dia já foram sorteados. Depois de vencer a Immortals, Astralis enfrentará a SK Gaming, outra brasileira da competição. Confira o calendário completo: