Octacampeão, Federer celebra título e recorde em Wimbledon

Agência Gazeta Press

Wimbledon (final): Lances de Roger Federer 3 x 0 Marin Cilic

O suíço Roger Federer foi coroado neste domingo como maior vencedor da história de Wimbledon. O tenista de 35 anos venceu na grande decisão da edição 2017 o croata Marin Cilic, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/1 e 6/4. Federer comemorou a vitória e comentou sobre o período que passou afastado das quadras.


“Não sei se eu ficar parado mais seis meses eu volto tão bem. Melhor do que ganhar o troféu é estar aqui, segurando o troféu, e saudável. No último ano não consegui isso ano passado. É mágico não perder nenhum set, é muita coisa”, celebrou Federer em entrevista após a vitória.

Federer também aproveitou para elogiar seu adversário e parabeniza-lo pela vice-colocação. Esta foi a segunda final de Grand Slam de Cilic.

“Ele jogou muito bem. Parabéns pelo maravilhoso torneio. Ele tem que estar muito orgulhoso, é muito bom jogar a final. Às vezes você não se sente tão bem na final. Espero que ele volte a disputar uma final, vem melhores por aí”, afirmou o campeão.

Com a vitória neste domingo, Federer chegou a incrível conquista do oitavo título de Wimbledon. Agora, o suíço tornou-se o maior vencedor da história do campeonato mais antigo do tênis mundial. Federer ultrapassou a lenda Pete Sampras, que possui sete vitórias.

“É inacreditável eu ter conseguido atingir esses níveis. Achei que nunca estaria de volta na final após o ano passado. Mas acreditei que conseguiria. Se você acredita, você consegue chegar. Lutei e estou aqui hoje”, acrescentou.