Aplaudidos, jogadores do Corinthians minimizam empate em casa

Gazeta Press
Brasileiro: Gols de Corinthians 2 x 2 Atlético-PR
Jogadores e torcida do Corinthians não lamentaram muito o empate por 2 a 2 cedido ao Atlético-PR neste sábado, em Itaquera. A equipe que ainda lidera o Campeonato Brasileiro com folga foi aplaudida pelo público ao apito final do árbitro Sandro Meira Ricci.

“O time teve maturidade, mesmo tomando o gol em uma infelicidade. Depois disso, criou mais duas chances. Queríamos a vitória, mas não saímos de cabeça baixa, porque fizemos um grande jogo”, valorizou o lateral direito Fagner.

O Corinthians chegou a ficar atrás no placar nesta noite, quando o lateral direito Jonathan marcou um belo gol. O centroavante Jô igualou o placar no primeiro tempo e virou no princípio do segundo. Nos minutos finais, contudo, um chute despretensioso do meio-campista Otávio desviou no zagueiro Balbuena e entrou.

Carille fala sobre opinião de Renato Gaúcho: 'Isso é nada perto das cobranças do começo do ano, fomos bombardeados'

“Logicamente, o Corinthians queria ganhar, mas sabia que seria difícil. O Atlético-PR tem um time bom. Vamos continuar firmes porque ainda há muita coisa pela frente. Sabemos que não ganhamos nada”, disse Balbuena.

Como salientou Fagner, após a infelicidade do defensor paraguaio, o Corinthians esteve próximo de balançar as redes novamente. Jô ficou diante do goleiro Weverton e desperdiçou grande chance de marcar o seu terceiro gol na partida.

“Ele foi feliz no lance”, creditou Jô. “O importante é que conseguimos pontuar. Saímos atrás no placar, o que ainda não tinha acontecido, e a caminhada continua. O campeonato é assim. Estamos sempre de cabeça erguida, aprendendo com os erros”, acrescentou.

O próximo passo da caminhada corintiana será contra o Avaí, na noite de quarta-feira, na Ressacada. “A equipe continua forte, com uma proposta de jogo bem definida. Na quarta, tem mais. Estamos no caminho certo”, reforçou o volante Gabriel.