Corinthians acaba com invencibilidade do Palmeiras no Allianz, vence dérbi centenário e lidera com autoridade

ESPN.com.br

Brasileiro: Gols de Palmeiras 0 x 2 Corinthians

Quem vai parar o Corinthians de Fabio Carille? O Palmeiras, eterno rival alvinegro, também não foi capaz de derrotar o líder absoluto do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o Corinthians suportou a pressão do Palmeiras no Allianz Parque, foi cirúrgico no ataque e venceu o dérbi centenário pelo placar de 2 a 0. Jadson, de pênalti, e Guilherme Arana fizeram os gols do triunfo corintiano na casa do grande rival. O confronto foi válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Corinthians e Palmeiras jogaram duas vezes nesta temporada, e o time alvinegro levou a melhor nas duas ocasiões. Pelo Campeonato Paulista, a equipe de Parque São Jorge triunfou por 1 a 0, com um gol de Jô no final da partida. No Allianz Parque, o Corinthians bateu o rival duas vezes desde a reforma, contra uma vitória do Palmeiras e um empate.

Com o resultado desta quarta-feira, o Corinthians sustenta agora uma incrível invencibilidade de 27 partidas nesta temporada, sendo 17 vitórias e 10 empates. O Palmeiras, por outro lado, não era derrotado em sua casa desde julho de 2016, quando caiu diante do Atlético-MG por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro da temporada passada. Eram 31 jogos sem derrota como mandantes dos alviverdes.

Gazeta Press
Corinthians venceu o Palmeiras em pleno Allianz Parque e dorme ainda mais líder
Corinthians venceu o Palmeiras em pleno Allianz Parque e dorme ainda mais líder

O Corinthians começou a construir a sua vitória no Allianz Parque aos 22 minutos do primeiro tempo. Arana recebeu bola na área de Romero, Bruno Henrique derrubou o lateral e o árbitro marcou a penalidade. Na cobrança, Jadson bateu no canto e venceu Fernando Prass.

O Palmeiras, mesmo não tão organizado, tentou pressionar o rival, mas o Corinthians soube suportar, levando a vantagem para o intervalo. No segundo tempo, o time de Fábio Carille foi fatal. Aos 19 minutos, Romero deu lindo passe para Guilherme Arana, o lateral invadiu a área e chutou com precisão no canto, sem chances de defesa para Fernando Prass: 2 a 0.


O Corinthians, em 13 partidas no Brasileirão, tem agora 11 vitórias e dois empates, liderando com folga, com 35 pontos. É a melhor campanha da ‘Era dos pontos corridos’ neste momento da competição. O Palmeiras, por sua vez, perde o segundo jogo consecutivo, depois de cair diante do Cruzeiro no Mineirão. O time do técnico Cuca permanece com 19 pontos, em sexto lugar.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrenta o Atlético-PR, no sábado, na Arena Corinthians, às 19 horas. Já o Palmeiras encara o Vitória, no domingo, às 11 horas, no Allianz Parque.

O Jogo

O Corinthians soube como conter o ímpeto do Palmeiras nos primeiros minutos e não correu grandes riscos no campo de defesa até conseguir um pênalti. Em uma jogada pela esquerda, o ex-corintiano Bruno Henrique chegou atrasado e cometeu falta em Guilherme Arana. Jadson bateu no canto direito de Prass e marcou.

Pouco depois do gol, Thiago Santos e Rodriguinho discutiram no meio de campo e tomaram cartões amarelos. O árbitro Leandro Vuaden, famoso por deixar o jogo correr, viu mais alguns entreveros na etapa inicial. Em uma jogada de contra-ataque, Dudu pediu pênalti após Balbuena tocar com o braço na bola, sem sucesso.

O Palmeiras manteve a posse de bola durante a maior parte do primeiro tempo, mas encontrou um adversário organizado na defesa e armado para contra-atacar. Na melhor chance do time da casa, Dracena cabeceou após escanteio cobrado por Dudu pela direita e Thiago Santos dividiu com o goleiro Cássio.

Após um primeiro tempo ruim, com passes errados e um pênalti cometido, Bruno Henrique saiu para a entrada de Borja no intervalo. Cuca posicionou Tchê Tchê pelo meio e passou a usar Roger Guedes na ala direita. Em um voleio de Willian dentro da área, o alterado time alviverde chegou a levar algum perigo.

Em vantagem no marcador, o Corinthians de forma inteligente, sem se expor, marcou o segundo aos 19 minutos do segundo tempo. Após bola perdida por Roger Guedes, Arana tabelou com Romero pela esquerda e, após lançamento preciso do paraguaio, finalizou cruzado para vencer Fernando Prass.

O goleiro Cássio 'fez cera' desde o começo da partida e, aos 37 minutos do segundo tempo, foi advertido com o cartão amarelo. Na tentativa de pelo menos diminuir a diferença, o Palmeiras se lançou ao ataque, mas não conseguiu nem sequer criar boas oportunidades de gol.

  • Ficha técnica
ESPN.com.br

J: Leandro Pedro Vuaden (RS); R: R$ 2 744 600,04; P: 39 091; G: Jadson 22 do 1º; Guilherme Arana 19 do 2º; CA: Borja, Dudu e Thiago Santos (Palmeiras); Guilherme Arana, Cássio, Jadson e Rodriguinho (Corinthians)

PALMEIRAS: Fernando Prass (5), Tchê Tchê (5), Mina (5), Edu Dracena (4,5) e Egídio (4,5) (Zé Roberto 35 do 2º (s/n)); Thiago Santos (4,5) (Keno 21 do 2º (4,5)), Bruno Henrique (4) (Borja, intervalo (4)) e Guerra (4,5); Dudu (4,5), Roger Guedes (5,5) e Willian (5). T: Cuca

CORINTHIANS: Cássio (7), Fágner (6,5), Balbuena (6,5), Pablo (7) (Pedro Henrique 26 do 2º (6)) e Guilherme Arana (8); Gabriel (7), Maycon (6), Jadson (6,5) (Marquinhos Gabriel 39 do 2º (5,5)), Rodriguinho (6,5) (Camacho 47 do 2º (s/n)) e Romero (7,5); Jô (6). T: Fábio Carille