Atleta paralímpico morreu ao ser atingido por gaiola de metal durante treino

Agência EFE

Getty
Abdullah Hayayei morreu aos 36 anos de idade
Abdullah Hayayei morreu aos 36 anos de idade
O paratleta dos Emirados Árabes Abdullah Hayayei, de 36 anos, morreu após ter recebido um golpe na cabeça pela queda da gaiola de proteção da prova do lançamento do martelo, conforme divulgou nesta quarta-feira a federação de atletismo do país asiático.

Na terça, Hayayei, que disputaria a partir desta sexta-feira o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico, treinava no Centro Newham Leisure, em Newham, nos arredores de Londres, quando o equipamento o atingiu. Ainda de acordo com a entidade esportiva, o atleta, da classe F34, morreu na hora, em decorrência do impacto.

Majid Al Usaimi, vice-presidente da Federação dos Atletas Paralímpicos, explicou que a tragédia aconteceu durante treino realizado à tarde (hora local), quando "Abdullah realizava sua rotina de treinos, e a gaiola de metal caiu em cima dele".

De acordo com a federação local, apesar da morte do atleta do lançamento do martelo, a delegação dos Emirados Árabes participará normalmente do Mundial, como forma de prestar homenagear o Hayayei, que foi sexto colocado no lançamento do dardo e sétimo no arremesso de peso.

Al Usaimi disse à emissora Dubai TV que a delegação do país está "totalmente desolada pela notícia", mas disse que todos acreditam que se deu "a vontade de Deus".