’Metas bem alcançáveis’: como contratação mais cara da história pode ter passado desapercebida

ESPN.com.br
Divulgação / Manchester United
Lukaku pode ser o jogador mais caro da história
Lukaku pode ser o jogador mais caro da história

A contratação mais cara da história do futebol pode ter passado quase que desapercebida neste final de semana.

O Manchester United pagou 75 milhões de libras (R$ 313 milhões) para tirar Romelu Lukaku do Everton. O valor não seria suficiente para desbancar Paul Pogba, também dos Red Devils, do posto de atleta mais caro de todos os tempos. Mas as cláusulas de rendimento de mais 15 milhões de libras (R$ 62,5 milhões) possivelmente vão dar essa posição ao belga.

E, segundo apuração da ESPN com fontes próximas à negociação, essas cláusulas de rendimento são de ‘metas bem alcançáveis’.

Isso faria com que Lukaku custasse 90 milhões de libras (mais de R$ 375 milhões), um milhão de libras a mais que Pogba – contratado por 89 milhões junto a Juventus na temporada passada.

As cláusulas não foram reveladas. Mas vale lembrar, por exemplo, que o United teve que pagar 8,4 milhões de libras ao Monaco porque Anthony Martial completou meros 25 jogos pelo clube. E o clube do principado pode ganhar ainda mais se Martial tiver 25 convocações para a seleção francesa.

Confira imagens do 1º treino de Lukaku com o elenco do Manchester United

Vale tudo isso?

Aos 24 anos de idade, Lukaku foi contratado por tanto dinheiro principalmente pelo que fez nas duas últimas temporadas. Com a camisa do Everton, são 43 gols marcados e mais 12 assistências em 74 jogos pela Premier League neste período.

O atacante belga também era pretendido pelo Chelsea, por onde já teve uma passagem e não foi tão bem, sem lá grandes chances de mostrar seu futebol. O curioso é que José Mourinho era o técnico do clube naquele momento. Os dois agora se reencontram em Old Trafford.