Amanda vende mais pay per view que Anderson, Aldo e Belfort, mas ainda luta para ser conhecida

Igor Resende, do ESPN.com.br
Getty
Amanda Nunes, a brasileira com maior média de pay per view vendidos no UFC
Amanda Nunes, a brasileira com maior média de pay per view vendidos no UFC

Qual lutador brasileiro tem a maior média de venda de pay per views nos Estados Unidos? Certamente você pensou em nomes como Anderson Silva, Vitor Belfort, José Aldo, Rodrigo Minotauro... Mas a resposta certa está muito longe disso!

Quem tem o melhor número é Amanda Nunes.

Curiosamente, porém, ela mesma passou a semana toda falando de sua luta para ser reconhecida. “Digo que a vida mudou (após a luta com a Ronda) porque da forma que a luta foi promovida, foi um choque o resultado. Dali em diante, quem não conhecia a Amanda Nunes, passou a conhecer. Com certeza isso mudou muita coisa, mas é um pouco triste, porque as pessoas muitas vezes ainda falam que eu sou ‘a menina que ganhou da Ronda’. Não falam que sou a Amanda Nunes. É um pouco triste, mas está melhorando", desabafou a brasileira.

A história, de fato, é curiosa. Nas duas vezes que encabeçou um card, Amanda Nunes teve número superiores a 1 milhão de pacotes vendidos. Para se ter uma ideia melhor do que isso significa, o UFC tem ‘apenas’ 15 eventos que superaram essa marca – sendo dois deles de Amanda.

Ela, porém, nunca foi a estrela principal.

Na primeira vez, vendeu 1,009 milhão na luta contra Miesha Tate no enorme card do UFC 200. Só que ela era a desafiante, com a campeã como principal protagonista no combate. E mais: boa parte dos pacotes foi vendido ainda quando a luta principal era Jon Jones x Daniel Cormier. E outra boa parte foi vendida por conta da presença de Brock Lesnar no evento.

Depois, já como campeã, Amanda vendeu mais 1,1 milhão de pacotes na luta contra Ronda Rousey. Mas, claro, o combate era daqueles poucos em que a desafiante era a principal estrela – afinal de contas, era o retorno de Ronda ao MMA depois de mais de um ano da derrota para Holly Holm.

José Aldo (1,2 milhão na luta contra Conor McGregor) e Anderson Silva (1,025 milhão na revanche com Chris Weidman) são os únicos dois brasileiros que conseguiram passar da barreira de 1 milhão de pacotes fazendo a luta principal do evento.

Nenhum deles, porém, tem média tão boa quanto a de Amanda. Anderson tem média de ‘só’ 566 mil pacotes nas 10 lutas principais que fez, enquanto Aldo tem 425 mil pacotes em média.

Neste sábado, Amanda finalmente terá a sua primeira prova de popularidade sozinha. Conseguirá manter os números tão altos?