San Lorenzo vence Emelec fora de casa e sai na frente na Libertadores

Gazeta Press

Getty
San Lorenzo venceu fora de casa
San Lorenzo venceu fora de casa


O San Lorenzo conquistou uma importante vitória na noite desta quinta-feira, em Guaiaquil, no Equador. Visitando o Emelec, a equipe argentina não se intimidou e viu sua estratégia dar certo ao fazer uma boa partida defensivamente e aproveitar as poucas oportunidades que teve durante os 90 minutos para vencer os donos da casa por 1 a 0, com gol de falta de Belluschi.

Com o resultado, o campeão da Libertadores de 2014 garantiu uma importante vantagem para o confronto de volta das oitavas de final do torneio. A segunda partida acontece no próximo dia dez de agosto, no Nuevo Gasometro, em Buenos Aires. Qualquer empate classifica o San Lorenzo.


O jogo

O Emelec era o dono da casa, entretanto, foi o San Lorenzo quem começou o jogo com tudo no Equador. Logo aos 12 minutos, Merlini recebeu pela esquerda, invadiu a área e, prestes a mandar para o gol, acabou desarmado por Mejía. O meia argentino aos poucos ia se provando decisivo e, nove minutos depois, em uma grande jogada, forçou a defesa do goleiro Dreer após chutar praticamente sem ângulo.

A insistência do San Lorenzo, enfim, surtiu efeito aos 24 minutos. Em cobrança de falta, Belluschi acertou um lindo chute no canto direito de Dreer para colocar a bola no fundo da rede e abrir o placar para a equipe argentina em Guaiaquil.

Três minutos depois do gol foi a vez do Emelec responder. Caicedo driblou o goleiro, acionou Ângulo na área, que ao finalizar acabou sendo bloqueado por Angeleri. Antes do apito final, os donos da casa ainda pediram pênalti em um polêmico toque de mão de Caruzzo após finalização de Caicedo, porém, nada marcou o árbitro.

No segundo tempo, o Emelec voltou com outra postura. Jogando em casa, os equatorianos foram para cima dos rivais e assustaram nos primeiros minutos. Aos sete, Quiñonez recebeu pela direita, cortou para o meio e soltou uma bomba, assustando o goleiro Navarro. Já aos 15 foi a vez de Gaibor bater falta por baixo da barreira e levantar a arquibancada – a bola acabou desviada e saiu pela linha de fundo.

Na reta final da partida, o Emelec seguiu pressionando o San Lorenzo, que se manteve firme na defesa para neutralizar as investidas dos donos da casa. Tendo Caicedo como principal arma ofensiva, a equipe equatoriana tentou de todas as maneiras superar o goleiro Navarro, entretanto, esbarrou na grande noite do arqueiro argentino.