Jogo contra Barcelona de Guayaquil marca fim da punição de Felipe Melo

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Divulgação
Após cumprir punição, Felipe Melo pode voltar a jogar Libertadores
Após cumprir punição, Felipe Melo pode voltar a jogar Libertadores

O Palmeiras iniciou sua participação nas oitavas de final da Copa Libertadores com uma derrota por 1 a 0 diante do Barcelona de Guayaquil. A partida disputada no Estádio Monumental na noite da última quarta-feira marcou o fim das punições pela confusão após o duelo com o Peñarol, pela fase de grupos do torneio.

Logo depois da vitória palmeirense por 3 a 2 sobre o time uruguaio, alcançada no dia 26 de abril deste ano, jogadores dos dois clubes entraram em confronto no gramado do Estádio Campeón del Siglo. Nas arquibancadas, houve confusão entre torcedores brasileiros e locais.

O volante Felipe Melo, um dos protagonistas da briga em Montevidéu, foi inicialmente punido com seis jogos de suspensão e uma multa de US$ 10 mil (R$ 33 mil). Insatisfeito com a medida adotada pelo Tribunal de Disciplina da Conmebol, o Palmeiras recorreu e a pena acabou reduzida pela metade.

Felipe Melo desfalcou o Palmeiras nos confrontos com Jorge Wilstermann, Atlético Tucumán e Barcelona de Guayaquil. Agora com o fim da punição, o voltante poderá participar do jogo de volta contra os equatorianos, que acontece no dia 9 de agosto, no Allianz Parque. 

A princípio o Palmeiras foi condenado pela Conmebol a disputar três jogos sem torcida como visitante. Após contestar a medida com uma audiência extraordinária na sede da organização, o clube teve a pena diminuída para apenas uma partida, cumprida no jogo de ontem.

Palmeiras leva gol aos 46 do 2º tempo e perde para Barcelona

Depois de iniciar a disputa das oitavas de final da Copa Libertadores, o Palmeiras volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Atual quarto colocado no torneio nacional, o time dirigido pelo técnico Cuca enfrenta o Cruzeiro às 16 horas (de Brasília) do próximo domingo, no Mineirão.