Média de 23 anos, revelações e 'tiozinhos': Alemanha estreia time B na Copa das Confederações

ESPN.com.br
'Time B' da Alemanha goleou San Marino em jogo das Eliminatórias pré-Copa das Confederações

Atual campeã mundial, a Alemanha estreia na Copa das Confederações nesta segunda com um time diferente. Quem assistir à partida contra a Austrália, às 12h (de Brasília), sentirá falta de algumas caras conhecidas da seleção europeia e verá jovens promessas - além de alguns veteranos que recebem a primeira oportunidade.

Encarando o torneio sediado na Rússia como uma oportunidade para experiências, o treinador Joachim Löw deixou de fora da convocação nomes como Neuer, Hummels, Boateng, Khedira, Kroos, Özil, Müller e Reus.

Do elenco que enfiou 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo contra o Brasil em 2014, restam apenas três: Draxler, do PSG, Mustafi, do Arsenal, e Ginter, do Borussia Dortmund. O primeiro tem apenas 23 anos e é um destaque do "time B" alemão.

O zagueiro Matthias Ginter, também de 23 anos, é o único que atua nos aurinegros. É uma característica da convocação valorizar os outros times da Bundesliga, afinal, o Bayern também só conta com um representante: Joshua Kimmich, de 22 anos.

Kimmich fez belo gol contra a Dinamarca em amistoso pré-Copa das Confederações

A média de idade dos convocados é de apenas 23 anos, seguindo a tendência de renovação e já pensando no futuro da seleção.

  • Revelações e 'tiozinhos'

A sensação do Campeonato Alemão desta temporada foi o RB Leipzig, que subiu da segunda divisão no ano passado e já chegou conquistando o vice-campeonato. Uma das revelações do elenco foi o atacante Timo Werner, que garantiu convocação para a Copa das Confederações. Em 31 partidas, o dianteiro de 21 anos fez 21 gols e deu 5 assistências.

GOLAÇO do Leipzig! Werner passa por dois defensores e chuta por baixo das pernas do goleiro do Bayern

Outro garoto de 23 anos que cresceu na última temporada foi Amin Younes. Titular do Ajax, o meia-esquerda foi vice-campeão da Europa League e do Campeonato Holandês, agrandando Joachim Löw.

GOL do Ajax! Younes recebe passe açucarado, não desperdiça e balança as redes

Mas não somente de garotos é composto o "time B" da Alemanha. Alguns veteranos que foram bem na temporada também ganharam suas primeiras oportunidades na seleção.

Aos 29 anos, o atacante Sandro Wagner recebeu sua primeira chance nesta convocação. Com 11 gols na Bundesliga, foi fundamental na campanha surpreendente do Hoffenheim, que terminou em 4º e jogará a próxima Champions League.

O centroavante de 1,94m foi revelado pelo Bayern de Munique, mas não vingou. Rodou por Duisburg, Werder Bremen, Kaiserslautern e Hertha Berlin até deslanchar no Darmstadt em 2015/16. Nesta temporada, deu sequência à boa fase no time de Sinsheim.

Sandro Wagner brilha e Hoffenheim atropela Leverkusen em plena BayArena

Outro que pode ser chamado de "tio" dentro do elenco é Lars Stindl. O meia fez sua segunda boa temporada pelo Borussia Mönchengladbach e também terá a primeira oportunidade na seleção principal de seu país.

Aos 28 anos, já havia atuado oito temporadas por Karlsruher e Hannover, sem grande destaque. Agora, foi o meia com mais gols na Bundesliga: 11 tentos, além de 3 assistências.

Stindl marca e Borussia M'Gladbach vence Ingolstadt em no Alemão

Outros destaques do "time B" são os três convocados que atuam na Premier League. O zagueiro Mustafi, do Arsenal, o meia Emre Can, do Liverpool, e o meia-atacante Sané, do Manchester City. O pupilo de Pep Guardiola, entretanto, se machucou e foi cortado da competição.

Assim como Sané, o volante Diego Demme também se lesionou e está fora. Joachim Löw, porém, decidiu não convocar nenhum substituto, ficando com 21 atletas no elenco.

A partida a ser disputada no Fisht Stadium, em Sochi, fecha a primeira rodada do Grupo B da Copa das Confederações. No outro confronto do grupo, o Chile bateu Camarões por 2 a 0 no último domingo.

  • Convocados

Goleiros: Bernd Leno (Bayer Leverkusen), Marc-André ter Stegen (Barcelona) e Kevin Trapp (PSG).

Defensores: Matthias Ginter (Borussia Dortmund), Jonas Hector (Colônia), Benjamin Henrichs (Bayer Leverkusen), Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Shkodran Mustafi (Arsenal), Marvin Plattenhardt (Hertha Berlim), Antonio Rüdiger (Roma) e Niklas Süle (Hoffenheim).

Meio-campistas e atacantes: Julian Brandt (Bayer Leverkusen), Emre Can (Liverpool), Kerem Demirbay (Hoffenheim), Diego Demme (RB Leipzig), Julian Draxler (PSG), Leon Goretzka (Schalke), Sebastian Rudy (Hoffenheim), Leroy Sané (Manchester City), Lars Stindl (Borussia Mönchengladbach), Sandro Wagner (Hoffenheim), Timo Werner (RB Leipzig) e Amin Younes (Ajax).

Veja imagens da Krasava, a bola oficial da Copa das Confederações 2017

FICHA TÉCNICA
AUSTRÁLIA X ALEMANHA

Local: Estádio Fisht, em Sochi (Rússia)
Data: 19 de junho de 2017 (Segunda-feira)
Horário: 12h(de Brasília)
Árbitro: Mark Geiger (Estados Unidos)

AUSTRÁLIA: Maty Ryan, Milos Degenek, Bradley Smith, Dylan McGowan e Trent Sainsbury; Aaron Mooy, Mile Jedinak, Jackson Irvine e Tommy Rogic; Mathew Leckie e Tim Cahill
Técnico: Ange Postecoglou

ALEMANHA: Marc-André ter Stegen, Jonas Hector, Shkodran Mustafi e Joshua Kimmich; Emre Can, Julian Brandt, Julian Draxler, Leon Goretzka, Amin Younes e Lars Stindl; Sandro Wagner
Técnico: Joachim Löw