Em jogo de seis gols, Palmeiras supera o Bahia em Salvador e se afasta do rebaixamento

ESPN.com.br
Edson Ruiz/Coofiav/Gazeta Press
Palmeiras venceu jogo duro contra o Bahia neste domingo
Palmeiras venceu jogo duro contra o Bahia neste domingo

Em jogo bastante parelho, o Palmeiras se recuperou no Campeonato Brasileiro neste domingo, ao bater o Bahia por 4 a 2, na Fonte Nova, em Salvador.

O atual campeão conseguiu suportar a pressão do time da casa e o empate sofrido antes do intervalo para deixar no passado o revés sofrido contra o Santos na rodada passada.

Roger Guedes, de pênalti, Keno, em um golaço, Mina e William, no fim, fizeram os tentos alviverdes, enquanto Vinicius e João Paulo balançaram as redes para o time nordestino.

O resultado afastou o Palmeiras da zona do rebaixamento da Série A. O clube paulista chegou aos 10 pontos, na 13ª colocação do torneio e a 10 do líder Corinthians.

O Bahia, por sua vez, estacionou nos mesmos 10 pontos do Palmeiras, mas possui mais gols marcados e, portanto, ocupa o 12º posto do Campeonato Brasileiro.

O time de Salvador volta a campo na quinta-feira, quando vai a São Paulo enfrentar o líder Corinthians, que ainda está invicto na competição.

Já o Palmeiras vai tentar seguir em recuperação no Brasileirão diante do Atlético-GO, na quarta-feira, no Allianz Parque.

No jogo deste domingo, o time alviverde abriu o placar ainda aos 17 minutos.

Guerra lançou Keno, o atacante ganhou na corrida, invadiu a área e foi derrubado por Rodrigo Becão.

Roger Guedes chamou a responsabilidade da cobrança e bateu bem, deslocando do goleiro Jean e mandando no canto direito.

O Bahia empatou pouco depois, mas a arbitragem anulou. No lance, Eduardo lançou na área, e Mendoza completou para o fundo da rede, mas Tiago estava impedido.

Aos 44 minutos, o empate baiano.

Após bonita jogada de Zé Rafael, Prass fez difícil defesa. No rebote, dentro da área, Edigar Junio cabeceou, e o goleiro defendeu novamente. Mas, na terceira chance, Vinícius mandou para dentro da meta alviverde.

Na etapa final, o Palmeiras foi superior e voltou à frente do placar.

Após rebatida no ataque, Guerra dominou a bola na meia-lua e deu para Keno emendar um lindo chute de fora da área e fazer um bonito gol para o time visitante.

Depois, aos 37, após cobrança de falta de Jean pela esquerda, Juninho cabeceou para o gol, e Mina completou de carrinho antes de a bola cruzar a linha.

O Bahia ainda diminuiu dois minutos depois. Após falha feia de Juninho, a bola sobrou para João Paulo ganhar disputa com Jean e mandar para o fundo da rede, mas já era tarde para buscar o empate.

Nos acréscimos, William ainda aproveitou chute de fora da área, fez o quarto e deu números finais ao placar em Salvador.

BAHIA 2 x 4 PALMEIRAS

18/6 - FONTE NOVA (SALVADOR-BA)

ÁRBITRO: Rodolpho Toski Marques (PR);
RENDA: R$ 1 052 472,00;
PÚBLICO: 33 166;
GOLS: Roger Guedes 17 e Vinícius 44 do 1º; Keno 5, Mina 37, João Paulo 39 e Willian 47 do 2º;
CARTÕES AMARELOS: Régis Souza (banco) (Bahia); Keno, Willian, Roger Guedes e Juninho (Palmeiras)

BAHIA: Jean (5), Eduardo (5,5), Tiago (5), Rodrigo Becão (5) e Matheus Reis (5) (Armero 20 do 2º (5,5)); Juninho (5,5) (João Paulo 32 do 2º (6)), Renê Júnior (5,5), Vinícius (6) (Gustavo Ferrareis 10 do 2º (5)) e Zé Rafael (5,5); Mendoza (5) e Edigar Júnio (5). TÉCNICO: Jorginho Campos

PALMEIRAS: Fernando Prass (6), Mayke (5,5) (Tchê Tchê, intervalo (6)), Mina (6,5), Juninho (5,5) e Egídio (5); Thiago Santos (6) (Luan 26 do 2º (6)), Jean (5,5) e Guerra (6); Roger Guedes (6,5), Keno (7) (Erik 20 do 2º (5,5)) e Willian (6,5). TÉCNICO: Cuca