Cristiano Ronaldo dispensa lamentações após empate amargo com o México

ESPN.com.br, com Gazeta Press e Efe
Michael Regan/FIFA/Getty Images
Cristiano Ronaldo deu assistência na estreia de Portugal
Cristiano Ronaldo deu assistência na estreia de Portugal

Considerado o melhor jogador da partida, Cristiano Ronaldo reconheceu que o empate com o México não foi o pretendido, mas afirmou que não irá lamentar o resultado da partida, já que viu a equipe de Portugal melhor no duelo.

"Não era o resultado que queríamos. Nós tínhamos o jogo quase ganho e sofremos um gol nos últimos minutos, mas isso é o futebol", afirmou, ressaltando que não há tempo para reclamações.

As seleções empataram por 2 a 2, em partida válida pela primeira rodada da Copa das Confederações, na manhã deste domingo.

"Estamos bem e tranquilos. Não vale a pena acionar o alarme. Agora, temos que pensar no próximo jogo, em que precisamos vencer", avaliou o atacante, na entrevista coletiva em que recebeu o prêmio de melhor jogador do duelo.

"A equipe está bem, temos que continuar a acreditar. Se ganharmos o próximo jogo, estamos praticamente classificados. Nós estamos bem e tranquilos. Não vale a pena lamentar. Agora é pensar no próximo jogo", acrescentou o camisa sete.

Fernando Santos defende Cristiano Ronaldo e diz: 'Portugal não é favorito na Copa das Confederações'

A partida foi marcada pela arbitragem de vídeo. Recomendado pela FIFA, o jogo aconteceu com a ajuda da tecnologia para cuidar de questões técnicas da partida. No caso do empate com o México, o zagueiro Pepe marcou um gol aos 20 minutos de bola rolando, antes mesmo de o placar ser aberto, mas o vídeo acusou impedimento e anulou o tento do defensor.

Com um ponto somado, Portugal volta a se preparar para encarar a Rússia, na quarta-feira, ao meio-dia (de Brasília), no Arena Otkrytie (Spartak Stadium).