Corintianos se irritam com gol mal anulado no Couto Pereira

Gazeta Press
Carille se incomoda com gol mal anulado: 'Bandeirinha estava muito estranho desde o começo'

O Corinthians assumidamente jogou mal no empate por 0 a 0 com o Coritiba, na manhã deste domingo, mas poderia ter deixado o Couto Pereira com mais uma vitória. Já no final do jogo, a arbitragem errou ao anular um gol do centroavante Jô por impedimento, o que irritou a equipe comandada por Fábio Carille.

"Parece ou não estava impedido?", contestou o técnico, ao escutar uma pergunta sobre o lance polêmico. "O bandeira daquele lado estava muito estranho desde o começo do jogo", acrescentou, antes de definir o gol como "legítimo".

Quem também não disfarçou o seu descontentamento foi o volante Gabriel, substituído por Camacho no segundo tempo. Sem que fosse questionado sobre o assunto, ele reclamou da decisão do árbitro Marcelo de Lima Henrique.

"Em se tratando de Corinthians, é para vencer qualquer jogo. Sabemos disso, temos essa responsabilidade. Hoje, não jogamos bem. Mas também foi um ponto que ganhamos que era para ter sido três por causa do erro crucial da arbitragem. Isso incomoda um pouco. Tem que ser revisto", protestou.

Nicola vê gol legal do Corinthians mal anulado: 'Daria a vitória habitual por 1 a 0'

Um dos mais calmos com a situação era o próprio Jô. Ainda no gramado do Couto Pereira, o centroavante admitiu que não sabia dizer se estava impedido ao receber a bola do volante Maycon e completar para o gol.

Assista aos melhores momentos do empate entre Coritiba e Corinthians por 0 a 0

"Foi muito rápido, uma jogada de um-dois, como falamos no futebol. Não deu para ver se o impedimento foi do Maycon ou meu. O mais importante é que conseguimos pontuar. O time está cansado pela sequência de jogos, mas conseguiu um pontinho", comentou Jô.