Artilheiro da Libertadores é investigado na Bolívia por possuir carro roubado

Efe
Claudio Reyes/AFP/Getty Images
Chumacero é investigado na Bolívia
Chumacero é investigado na Bolívia

O Ministério Público da Bolívia está investigando o meia Alejandro Chumacero, do The Strongest, atual artilheiro da Taça Libertadores, com oito gols, pela suposta posse de um carro roubado, divulgou nesta sexta-feira o promotor Pablo Lijerón.

O veículo teria sido alvo de criminosos em março deste ano, em Santa Cruz. De acordo a agência estatal "ABI", o integrante da promotoria apontou que foi possível verificar que o automóvel teria sido levado para a capital boliviana, La Paz.

Os investigadores identificaram que Chumacero estava em posse do carro, por isso, passou averiguado na condição de autor do roubo, explicou Lijerón.

Ainda segundo o promotor, o jogador do The Strongest terá que depor no dia 26 deste mês, em Santa Cruz, na condição de denunciado, e terá que explicar como adquiriu o veículo.

Nas últimas semanas, o The Strongest recebeu propostas de clubes do Brasil e México pelo meia, que já defendeu o Sport Recife.