Vôlei deixa Atlético-PR sem casa para duelo contra o Santos nas oitavas da Libertadores

ESPN.com.br
Gazeta Press
Arena da Baixada recebeu jogo de vôlei Brasil x Portugal no fim do ano passado: mais de 37 mil espectadores
Arena da Baixada recebeu jogo de vôlei Brasil x Portugal no fim do ano passado: mais de 37 mil espectadores

O que já era esperado se confirmou: o Atlético-PR não terá sua casa para mandar o duelo contra o Santos pelas oitavas de final da Libertadores.

A Conmebol anunciou nesta sexta-feira que o primeiro duelo do confronto, com mando do Atlético, será realizado no dia 5 de julho. O problema é que, entre 4 e 8 de julho, a Arena da Baixada será transformada em casa do vôlei e receberá a fase final da Liga Mundial.

O Atlético tem só uma opção se quiser manter o jogo na capital paranaense: mandar o jogo no Couto Pereira, casa do arquirrival Coritiba. Isso, porém, não costuma agradar muito à direção atleticana.

O outro estádio curitibano, a Vila Capanema, tem capacidade aprovada pelo Corpo de Bombeiros de ‘apenas' 17 mil pessoas - o regulamento da Conmebol pede que o estádio seja capaz de abrigar 20 mil pessoas a partir desta fase da competição.

Confira as datas e horários dos confrontos da Libertadores

Em um dos jogos da despedida de Serginho da seleção no fim do ano passado, a Arena da Baixada recebeu 37 mil pessoas para um duelo com Portugal. Foi aprovada no ‘teste' e resolveu receber a fase final da Liga Mundial neste ano.

Como forma de fazer dinheiro e também de divulgar mais o nome do clube, a Arena também recebeu um evento do UFC em 2016. Agora, porém, isso será um problema para o time de futebol.