No fim do jogo, Santos derrota Botafogo e alivia pressão no Brasileiro

ESPN.com.br
Veja o gol da vitória do Santos sobre o Botafogo por 1 a 0

Elano estreou como técnico interino do Santos na noite desta quarta-feira e mostrou ter estrela. Apesar de a sua equipe não jogar bem, ela conseguiu derrotar o Botafogo por 1 a 0, no Pacaembu, com um gol aos 50 minutos do segundo tempo.

O tento foi de Victor Ferraz cobrando falta quase da entrada da área. A comemoração foi bem exaltada porque o time vinha de dois jogos sem vencer e somaria o terceiro. Além disso, durante todo o segundo tempo o rival foi bem superior.

O triunfo tirou o time de perto da zona de rebaixamento, algo que preocupava os santistas. O Santos tem seis pontos e está na 13ª colocação.

No último domingo, após o Santos ser derrotado pelo Corinthians, a diretoria alvinegra demitiu Dorival Júnior. Elano, que era auxiliar técnico, assumiu de forma interina e estreou hoje.

O resultado foi um banho de água fria no Botafogo. A equipe fazia um bom jogo, poderia até reclamar de só empatar. Mas com o revés é o sétimo colocado, com sete pontos.

GazetaPress
Victor Ferraz comemora gol do Santos contra o Botafogo, no Pacaembu
Victor Ferraz comemora gol do Santos contra o Botafogo, no Pacaembu
  • Protestos

Os torcedores já vaiaram o time ao final do primeiro tempo após uma exibição bem fraca da equipe do Santos. O tom das críticas subiu no segundo tempo a medida que o Botafogo passou a dominar as ações ofensivas e criar perigo à meta de Vanderlei.

  • Levir só contra o Palmeiras

Levir Culpi assistiu a partida na tribuna do Pacaembu. Novo técnico do Santos, ele vai assumir a equipe somente na próxima segunda-feira e fará a estreia diante do Palmeiras, no dia 14 de junho, na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Mas o treinador paranaense deixou o setor antes mesmo do apito final. Sem dar entrevistas e aparentemente sem o contato com os torcedores.

GazetaPress
Roger, do Botafogo, e Matheus Ribeiro, do Santos, disputam a bola, no Pacaembu
Roger, do Botafogo, e Matheus Ribeiro, do Santos, disputam a bola, no Pacaembu

Por conta disso, Elano terá mais um jogo como técnico do Santos. A próxima partida será contra o Atlético-PR, em Curitiba, no próximo domingo.

  • Próximos jogos

No próximo domingo, o Santos viajará para Curitiba para enfrentar o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Na mesma data, o Botafogo encarará o Coritiba, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

'Merecimentos total de todos os atletas', afirma Elano sobre vitória do Santos

SANTOS 1 x 0 BOTAFOGO

7/6 - PACAEMBU (SÃO PAULO-SP)
ÁRBITRO: Jaílson Macedo de Freitas (BA);
RENDA: R$ 349 190,00;
PÚBLICO: 12 190;
GOLS: Victor Ferraz 50 do 2º;
CARTÕES AMARELOS: Lucas Veríssimo, Thiago Maia, Vítor Bueno e Yuri (Santos); Arnaldo e Joel Carli (Botafogo)

SANTOS: Vanderlei (6), Victor Ferraz (6,5), Lucas Veríssimo (5,5), David Braz (5) e Matheus Ribeiro (5) (Jean Mota, intervalo (5,5)); Renato (6), Thiago Maia (6,5) e Vecchio (5,5) (Rodrigão 11 do 2º (5,5)); Vítor Bueno (6) (Vladimir Hernández 28 do 2º (5,5)), Arthur Gomes (5,5) e Kayke (5,5). TÉCNICO: Elano

BOTAFOGO: Helton Leite (5), Arnaldo (5), Joel Carli (5,5), Igor Rabello (5,5) e Gílson (5); Rodrigo Lindoso (5,5) (Dudu Cearense 47 do 2º (s/n)), Fernandes (5) (Montillo 26 do 2º (5,5)), Matheus Fernandes (5,5) e João Paulo (5,5); Rodrigo Pimpão (5,5) (Pachu 34 do 2º (5)) e Roger (5). TÉCNICO: Jair Ventura