Benfica confirma venda ao Manchester City de goleiro da seleção por R$ 145 milhões

ESPN.com.br
Veja defesas do novo goleiro do Manchester City

O Benfica confirmou nesta quinta-feira a venda do goleiro brasileiro Ederson para o Manchester City por 40 milhões de euros, aproximadamente R$ 145 milhões.

"A Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, que chegou a acordo com a Manchester City Football Club Limited para a transferência a título definitivo dos direitos do atleta Ederson Santana de Moraes pelo montante de € 40.000.000 (quarenta milhões de euros), existindo o compromisso de entregar 50% da mais-valia (lucro) obtida nesta transferência a terceiros", explicou o clube português aos seus associados.

Com esta transferência, Ederson se torna o goleiro mais caro da história: ele derrubou os 37,32 milhões de euros (R$ 136,74 milhões) que a Juventus deu ao Parma por ninguém menos que Gianluigi Buffon em 2001.

Na noite da última quarta, ele retornou a Lisboa após realizar exames médicos na Inglaterra. "Agradecer pelo carinho e força que me deram. Foi muito importante", disse o goleiro. Sobre o valor pago pelo City, Ederson afirmou: "É uma responsabilidade muito grande".

Convocado por Tite para os amistosos contra Argentina e Austrália na próxima semana no país da Oceania, o arqueiro de 23 anos estava na equipe encarnada desde 2015 e se tornou titular nesta temporada, colocando o experiente Júlio César no banco.

Ederson chega ao Manchester City após a saída de Willy Caballero e com Claudio Bravo como concorrente direto para ser o titular de Josep Guardiola.

Gabriel Jesus volta ao Jardim Peri, joga bola e dá até caneta em amigo

Até agora, o time azul de Manchester gastou 105 milhões de euros (mais de R$ 410 milhões) em apenas dois jogadores - pagou 65 milhões de euros por Bernardo Silva, meia português que se destacou pelo Monaco.