Marquinhos quer Avaí jogando de forma inteligente contra o São Paulo

Gazeta Press
André Palma Ribeiro/Avaí FC
Marquinhos está no Avaí desde 2013
Marquinhos está no Avaí desde 2013

Depois de estrear no Campeonato Brasileiro com empate sem gols com o Vitória, na Ressacada, o Avaí irá viajar para enfrentar o São Paulo no Morumbi. O meio-campista Marquinhos já sabe como fazer frente ao Tricolor. Para ele, a equipe catarinense precisa manter o seu estilo de jogo e ter calma, já que quem está pressionado é o time de Rogério Ceni.

"Sabemos do nosso potencial, construímos um bom padrão de jogo, o time é praticamente o mesmo que subiu. Isso ajuda no momento de buscar a vitória e conseguir os pontos de que precisamos", disse o jogador de 35 anos em entrevista coletiva. "A torcida lá vai cobrar deles, os resultados não estão vindo. Para eles é obrigação vencer o Avaí. Cabe a nós usar o nosso padrão, usar os contra-ataques, pois a gente sabe que eles virão com tudo e tirar proveito disso".

O Leão da Ressacada é considerado por muitos um dos candidatos a ser rebaixado para a segunda divisão, entretanto o capitão Marquinhos acredita que isso apenas serve como motivação para os jogadores tentarem se superar.

"É uma motivação a mais para nós quando falam isso. Cabe a nós fazer diferente, usar nosso potencial para a virada. Não é só o Avaí, mas outros times também são encarados desta maneira. Obrigação do Avaí é fazer os 45 pontos. Não sei onde vamos conseguir, se em casa ou fora, mas precisamos chegar lá. Cada ponto perdido em casa tem que buscar fora, pois estaremos sempre perto da nossa meta", declarou.

Ceni diz que eliminações não abalam projeto, fala sobre o papel da imprensa e pede foco

Marquinhos ainda falou sobre os reforços que chegaram e do costume do treinador Claudinei Oliveira de não mudar muito as suas equipes. "Ele confia no grupo. É claro que quem chegar, vem para somar aos que já estão aqui, dando seu suor. A disputa interna só engrandece o trabalho. Lutamos muito para botar o Avaí na Série A e não vamos dar mole agora", completou.