Na reedição da final de Madri, Nadal perde sua primeira partida no saibro

ESPN.com.br
Getty
Nadal em ação no Masters de Roma
Nadal em ação no Masters de Roma: eliminação para Thiem nas quartas em Roma

Foi a reedição da final do Masters 1000 de Madri, que aconteceu no último domingo. Dominic Thiem e Rafael Nadal voltaram a se enfrentar, agora no saibro de Roma.

Nas quartas de final na capital italiana, o espanhol, número 5 do mundo, foi superado pelo austríaco em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3, em quase duas horas de confronto, e perdeu sua invencibilidade na terra batida em 2017.

Se na Espanha o primeiro set foi extremamente disputado com uma quebra para cada lado e terminando só no tie-break após mais de uma hora, na Itália o jovem austríaco quebrou o saque de Nadal já no primeiro game do jogo e ainda uma outra vez para fechar em 6/4.

No início segunda parcial Nadal errou menos e conseguiu equilibrar a partida. Mas o número 7 do mundo estava inspirado e derrubou o serviço adversário no sétimo game.

Em um set mais disputado e com longas trocas de bola, Thiem salvou cinco break points e fechou a partida em 6/4 e 6/3 após 1h50 de jogo e mais uma quebra no último game do jogo.

A derrota encerra uma sequência de 17 vitórias seguidas de Nadal, que estava invicto no saibro e perdeu sua última partida no início de abril - a final do Masters 1000 de Miami, para Roger Federer.

Mania ou pagando aposta? Veja o que a tenista japonesa Rika Fujiwara faz durante os jogos

Foi o sexto encontro entre os dois atletas, o terceiro em 2017. Nos últimos dois (as finais de Barcelona e Madri, respectivamente) "Rafa" havia triunfado em sets diretos. Essa é apenas a terceira vez no ano que o espanhol não passa das quartas de um torneio (a última, em Indian Wells, derrotado também por Federer).

Mesmo com o primeiro resultado adverso na terra batida, o "Rei do Saibro" somará 180 pontos no ranking.

A única vitória de Thiem sobre o ex-número um do mundo havia acontecido também no saibro, em 2016, no ATP de Buenos Aires. Se vencer o torneio, o jovem de 23 anos ultrapassará Milos Raonic e subirá à sexta posição do ranking, seu melhor resultado na carreira.

Para isso, ele primeiro terá que encarar, nas semi finais, o vencedor da partida entre Novak Djokovic e Juan Martin del Potro.