Jogadores profissionais apontam o que deve ser corrigido e o que gostariam de ver em 'FIFA 18'

Ricardo Caetano/ESPN.com.br
Reprodução/EA Sports
Jogadores profissionais falaram ao ESPN eSports sobre o que esperam de FIFA 18.
Jogadores profissionais falaram ao ESPN eSports sobre o que esperam de FIFA 18

Se aproxima o período do ano no qual os jogadores de FIFA prendem a respiração: a chegada do novo game da franquia. Se FIFA 17 foi lançado em 27 de setembro de 2016, seu sucessor, FIFA 18, se avizinha. Faz parte da expectativa dos jogadores imaginar o que o jogo trará de novo e o que poderia ser corrigido pela EA Sports para torna-lo melhor.

O ESPN eSports conversou com jogadores profissionais de FIFA 17, que vivem o cenário competitivo do jogo, nas modalidades Ultimate Team e Pro Clubs, para saber o que eles almejam em FIFA 18: o que acham que dever ser corrigido, em especial para os eSports, o que FIFA 18 pode fazer por sua comunidade de jogadores.

A lista de craques que nos responderam é formada por:

Michel "MICHELxxxFJV" Magdaleni, vencedor do torneio FIFA Hero League na plataforma Xbox One e geral;
Wendell Lira, ex-jogador profissional de futebol, jogador de FIFA e youtuber;
Rafael "rafifa13" Fortes, campeão da etapa de Miami  de FIFA 17 Ultimate Team Championship Series e jogador da equipe de eSports do Paris Saint-Germain;
Lucas Tabata, vencedor do torneio FIFA Hero League entre os competidores do PlayStation 4 e representante oficial do Goiás Futebol Clube;
Rafael Bodas, diretor da equipe de Pro Clubs HooSIER E-Sports;
Nuno Bianchi, membro da VPSL, liga especializada no modo Pro Clubs;

O que você gostaria que fosse corrigido na franquia e estivesse já em FIFA 18?

Começamos como MICHELxxxFJV. "Que aperfeiçoassem a proteção de bola, que é 'apelativa' em FIFA 17 em muitos momentos. Também que melhorassem os servidores de Pro Clubs e de partidas multiplayer, que caem muito e atrapalharam muito os brasileiros na classificação para os torneios oficiais da EA. Ficaria animado se a marcação voltasse a ser manual, pois em FIFA 17 é 'muito' automática".

Wendell Lira concorda . "Gostaria que fosse corrigido o problema da conectividade. Não sei se há algum servidor dedicado ou algum no Brasil, pois acho muito ruim para nós que estamos no cenário competitivo. Ficamos muito chateados, pois há muitas quedas na conexão ou 'atrasos', que acabam nos prejudicando. No mais, não mexeria em nada".

rafifa13 é mais uma a reclamar da conexão. "Gosto bastante das funcionalidades que o jogo possui atualmente, mas há um pedido que a maioria dos jogadores faz que é uma a maior estabilidade dos servidores nas partidas online, sobretudo nos modos competitivos".

Vez de Lucas Tabata. "Quero que melhorem as animações do jogo, pois acontecem muitas falhas que influencia a experiência e fluidez do jogo. Gostaria também que melhorassem a marcação, para que fique "mais manual", sob maior controle do jogador. 

Rafael Bodas que ver novas funcionalidades. "Que haja algumas inclusões que possam facilitar o jogador, como opção para disputa de pênaltis ao final de um amistoso e um modo espectador para auxiliar as transmissões que fazemos de nossas partidas".

Nuno Bianchi cita vários pontos a serem melhorados. "Seria importante que corrigissem um problema com os 'Skill Points', que permite a jogadores do Pro Clubs adquirirem e usarem mais do que os 24 pontos de habilidade que o jogo determina, criando assim 'super-jogadores' que são mais fortes e mais rápidos do que os demais. Outro problema é a marcação clássica nos modos online: é possível iniciar um jogo off-line configurado com marcação clássica e depois ir para um jogo online (onde não é permitido marcação clássica) e transportar essa preferência, criando uma vantagem considerável".

Reprodução/EA Sports
A continuação do modo Jornada é um dos pontos citados a serem mantidos no próximo FIFA.
A continuação do modo Jornada é um dos pontos citados a serem mantidos no próximo FIFA

O que você gostaria que fosse adicionado? Que novidade te deixaria mais animado?

MICHELxxxFJV: "Quero ver mais opções de personalização dos uniformes e emblemas dos times, a inclusão de um banco de reservas no Pro Clubs e a continuação do modo Jornada.

Wendell Lira: "Gostaria que fosse criado algum método diferente para montagem dos clubes no modo Ultimate Team. Acho muito injusto você ter que montar seu time pelas ligas. Eu joguei por muito tempo o modo Master League (Pro Evolution Soccer) e podia mexer como quiser: colocar um jogador da liga espanhola na lateral esquerda, um jogador da liga alemã no meio. Queria que fosse o mesmo em FIFA, sem ter que conectar para poder jogar. Se pudesse tirar essa parte do entrosamento por ligas para poder jogar seria bacana.

rafifa13: "Realmente não tenho ideia. Os produtores do jogo acabam sempre pensando em novas funcionalidades como foi o modo Jornada de FIFA17, então tenho certeza que vão trazer sempre coisas legais para os amantes do FIFA".

Lucas Tabata: "Quero ver todos os times brasileiros licenciados, com os nomes dos jogadores corretos". 

Rafael Bodas: "Em especial, um campeonato mundial especifico para o modo Pro Clubs, a exemplo do que ocorre no Ultimate Team Championship, com etapas regionais online ranqueadas e uma fase final presencial.

Nuno Bianchi: "Gostaria que fosse adicionado a opção de partidas '5v5' em todos os modos (FUT, Pro Clubs, etc.) igual ao FIFA Street. Queria que houvesse o aproveitamento do jogador criado do modo Carreira para uso no modo com o Pro Clubs, similar ao que a 2K Sports faz no jogo de basquete NBA 2K. Seria legal também convidar amigos para jogos no modo cooperativo (2x2) e que houvesse a inclusão de substituições de jogadores durante o jogo no modo Pro Clubs". 

Reprodução/EA Sports
Também foi citado o uso completo dos direitos sobre os times nacionais e melhora na conexão de partidas online.
Também foi citado o uso completo dos direitos sobre os times nacionais e melhora na conexão de partidas online

O que a EA Sports pode melhorar no jogo em relação aos eSports? O que pode ser feito para desenvolver/melhorar a área competitiva de FIFA e melhorar experiência para os jogadores profissionais?

MICHELxxxFJV: "Que houvesse a criação de um campeonato nacional, no estilo de um Brasileirão, com jogadores profissionais e os grandes clubes nacionais na disputa, cada com seu representante e transmissão dos jogos ao público. Seria legal que os jogos fossem disputados com um local com torcida, para que os atletas eletrônicos tivessem a sensação de um estádio.

Wendell Lira: "Quero EA Sports seja mais transparente, especificar como são feitos os torneios, dar maior prioridade aos jogadores classificados e não permitir que haja esse problema de ‘em cima da hora' para resolver questões de visto de quem vai participar. Um jogo do tamanho de FIFA 17, com milhões de apaixonados, com pessoas que se dedicam e vivem do jogo. Eles poderiam deixar mais claro qual é a forma de classificação, o que você precisa para se classificar, qual a trajetória que você precisa percorrer. Por exemplo, esse ano eu fiquei sabendo que estava classificado depois que já tinha jogado, pois não vi em lugar algum e não houve nenhuma explicação no site da EA.

Rafael Fortes: "Uma questão que faz bastante sucesso em outros eSports, e que seria excelente no FIFA, é a opção de poder ver jogos transmitidos ao vivo pelo próprio jogo, como acontece em League of Legends e Counter Strike: Global Offensive. Isso aumentaria muito público ao cenário competitivo de FIFA. Além disso, continuar o trabalho iniciado no FIFA 17 com campeonatos como o FIFA 17 Ultimate Team Championship Series, com maior apoio nas premiações e jogadores".

Lucas Tabata: "A EA Sports poderia fazer mais campeonatos e facilitar a participação dos jogadores classificados para suas competições. Também gostaria que melhorassem a conexão durante os eventos do Wekeend League. 

Rafael Bodas: "No cenário de Pro Clubs, sentimos falta do suporte da EA Sports, pois o modo é deixado de lado, inclusive no material promocional do jogo. Nunca mencionam Pro Clubs em nada, portanto gostaríamos de uma melhor exposição. Se a EA desse maior atenção a esse e outros pontos respondidos acima, já seria um grande passo e ajudaria na organização e divulgação de nossos campeonatos. Resumindo, a EA tem que valorizar mais o Pro Clubs, um nicho gigante dentro do eSports, que está sendo deixado de lado.

Nuno Bianchi: "Tenho vários pontos relacionados ao modo Pro Clubs que são fundamentais, como adicionar modo espectador em todos os modos de jogo. Gostaria de uma maior personalização dos uniformes dos clubes do Pro Clubs, para permitir que as equipes reais de eSports sejam melhor representadas para a criação de conteúdo. Uma maior personalização nas características do jogador em Pro Clubs (como em um jogo um RPG) quanto a seus atributos, para criar maior variedade de jogo".

Nuno continua: "É preciso também aperfeiçoamento das mecânicas do processo de acesso e criação de embates do Pro Clubs. Partidas improvisadas, da forma como são hoje, evitam que o jogador se engaje, ao invés de atraí-lo para o modo. Neste ponto, que também haja uma avaliação do comportamento dos jogadores nas partidas Improvisadas no Pro Clubs, para que acumule um registro de seu desempenho. A EA Sports precisa punir os 'cheaters' em todos os modos de jogo para torna-lo justo".

Para finalizar: "A EA Sports precisar dar o mínimo de suporte em atualizações de segurança e correção de bugs. Os bugs citados na acima estão ativos desde o lançamento do FIFA 17 e as comunidades competitivas são obrigadas a criar regras cujas aplicações são trabalhosas demais, desgastantes e com métodos pouco confiáveis para provar irregularidades. Para manter a competitividade dos torneios e criar um ambiente justo e seguro para marcas patrocinadoras". 

Os canais ESPN transmitem a final da última etapa de FIFA 17 Ultimate Team Championship Series, que acontece em Berlim, Alemanha, no próximo sábado, às 20h (horário de Brasília).