Após 'mal entendido', Tite volta a chamar Rafinha e elogia David Luiz: 'Retomou o alto nível'

ESPN.com.br
Mowa Press
Técnico Tite durante a convocação para os amistosos contra Argentina e Austrália
Técnico Tite durante a convocação para os amistosos contra Argentina e Austrália

Em 2015, dispensa da seleção brasileira e possibilidade de jogar pela Alemanha. Em 2016, com Tite no comando, sonho renascido de atuar com a camisa verde-amarela.

Agora, tudo volta a funcionar para o lateral direito Rafinha, convocado para os amistosos do Brasil contra Argentina e Austrália em junho no país da Oceania.

O técnico Tite explicou o chamado do jogador do Bayern de Munique.

"Sobre Rafinha, houve mal entendido em relação à situação anterior (de possível convocação pela Alemanha). Está tudo resolvido", disse. "Rafinha não tinha sido convocado (por Tite), tem 135 jogos pelo Bayern, campeão alemão".

Outro nome que retornou à seleção foi David Luiz. O zagueiro do Chelsea se destacou na campanha do título da Premier League e chamou a atenção do treinador, que não se preocupa pelo jogador atuar como líbero no time inglês.

"Se o (técnico Marcelo) Bielsa estivesse aqui, diria que David Luiz é jogador polifuncional. Eu digo que é versátil. Deve ter mais de 20 jogos decisivos jogando como primeiro meio-campista, ou como defensor, assim como o Rodrigo Caio, tem essa polivalência. Pode ser usado de uma forma ou outra, campeão inglês, retomou o alto nível e mereceu a convocação", disse o técnico da seleção.

Tite explica o motivo de novidades na convocação: 'São oportunidades'

Sobre outras novidades da convocação, Tite resumiu: "Jemerson foi seleção do Brasileirão em 2015, campeão francês, semifinalista da Champions, nós estivemos acompanhando in loco seu desempenho, tem todas as credenciais. Rodriguinho, no jogo contra a Colômbia, foi um dos destaques, foi destaque no Campeonato Paulista. Estava concorrendo com o Diego (Flamengo). Atletas devem concorrer com lealdade. Olha para o lado e tem cara de alto nível jogando. Só peço que sejam leais, e a comissão técnica avalia".

"Alex Sandro é campeão da Copa da Itália, vai ser campeão italiano, mas não deixo de pensar no Jorge, do Monaco. Gabriel, do Atlético-MG, também está sendo observado".