Se for punida pela Conmebol, Chapecoense será eliminada da Copa Libertadores

ESPN.com.br
GettyImages
Luiz Otávio, que foi escalado de forma irregular, na marcação de Sand, do Lanús
Luiz Otávio, que foi escalado de forma irregular, na marcação de Sand, do Lanús

A vitória por 2 a 1 para o Lanús pode ficar marcada como um triste capítulo da Chapecoense na Copa Libertadores. Isso porque a equipe catarinense deve ser punida pela escalação do zagueiro Luiz Otávio, que estava suspenso e atuou de forma irregular. A pena prevista (se for aplicada) eliminará o time de Chapecó do torneio sul-americano.

A comissão disciplinar da Conmebol avaliará o caso a pedido do Lanús. O órgão deve denunciar a Chapecoense por descumprimento do artigo 23 do código disciplinar. A pena prevê a aplicação de uma derrota por 3 a 0 para o clube autor da infração.

Neste caso, a Chapecoense passaria de sete para quatro pontos no Grupo 7 e, mesmo faltando uma rodada para encerrar a fase de grupos, não poderia mais se classificar.

Isso porque o Lanús passaria para dez pontos, não podendo mais ser superado pela Chapecoense. Na mesma chave, o Nacional, do Uruguai, hoje tem oito. O Zullia, da Venezuela, tem cinco. O que significa que a Chapecoense passaria para a lanterna.

Oddi comenta confusão que pode eliminar Chapecoense da Libertadores: 'Bagunça geral'

O delegado da Conembol chegou a notificar a delegação da Chapecoense minutos antes de partida contra o Lanús iniciar de que o zagueiro estava suspenso por mais dois jogos (já tinha cumprido um). A equipe brasileira desconsiderou, acreditando que era apenas um jogo.