Klinsmann manifesta torcida para Messi vencer Copa do Mundo

Gazeta Press
Getty
Jurgen Klinsmann, ex-técnico da Alemanha e dos Estados Unidos
Jurgen Klinsmann, ex-técnico da Alemanha e dos Estados Unidos

Campeão mundial com a seleção em 1990 e ex-treinador da Alemanha e dos Estados Unidos, Jürgen Klinsmann disse que Lionel Messi merece vencer uma Copa com a Argentina, o que, para ele, pode acontecer na Rússia em 2018.

"Para Messi só falta ganhar um Mundial. Acredito que ele vai ganhar e talvez aconteça no próximo ano, na Rússia. Quero que Messi ganhe porque ele merece", afirmou o treinador em entrevista ao site Goal.com.

Em 2006, quando treinava a Alemanha durante a Copa do mundo em sua casa, Klinsmann eliminou a Argentina de Messi nas quartas de final, nos pênaltis, por 4 a 2. O jogador do Barcelona, então com 21 anos, surgia como nova promessa argentina e pouco atuou na Copa.

"Admiro Messi, sempre o admirei, assim como a Maradona, contra quem joguei muitas vezes. Era um artista dentro do campo, sabia sempre o que fazer, mesmo antes de receber a bola", declarou o ex-atacante, que enfrentou Maradona na grande final da Copa de 1990, vencida pela Alemanha por 1 a 0 com gol de pênalti de Brehme, já aos 40 do segundo tempo.

"Messi é diferente, é um perfeccionista. Vejo-o como um personagem fantástico, porque sempre foi humilde e é um jogador incrível", disse Klinsmann.

O que aconteceria se 11 Ronaldos enfrentassem 11 Maradonas? Veja e saiba quem sairia vencedor

Depois de assumir o comando técnico dos Estados Unidos em 2011, Klinsmann foi demitido em 2016, após duas derrotas no hexagonal final das eliminatórias da América Central e do Norte para a Copa do Mundo de 2018.