'Se enfrentaram dois grandes, e ganhou o maior', diz Aguirre após eliminar o Flamengo

ESPN.com.br
Getty
Diego Aguirre, na vitória do San Lorenzo sobre o Flamengo, com Zé Ricardo ao fundo
Diego Aguirre, na vitória do San Lorenzo sobre o Flamengo, com Zé Ricardo ao fundo

Técnico com passagens por Internacional e Atlético-MG no Brasil, Diego Aguirre não escondeu a alegria após a classificação do San Lorenzo, com vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo na Argentina. Segundo o uruguaio, foi um duelo entre dois clubes grandes, mas "ganhou o maior".

"O Flamengo se preparou para ganhar a Copa (Libertadores), tem grandes jogadores, é uma equipe que não sei quanto milhões de torcedores tem. Ganhamos de um grande de verdade, se enfrentaram dois grandes, e ganhou o maior", disse o treinador do San Lorenzo após o jogo.

"Vi que tentamos, que tivemos o jogo por momento. Os vimos com muita vontade, com espírito. Era uma partida de Copa, decisiva e com um conteúdo emocional muito grande. Não se pode pedir muita precisão. Era preciso colocar tudo, um jogo que ia ser histórico. Vão passar anos e vamos lembrar desta vitória contra o Flamengo", acrescentou Aguirre.

O San Lorenzo flertou com a eliminação em diversos momentos da partida, de acordo com o resultado de Atlético-PR e Universidad Católica no Chile. Com a vitória brasileira por 3 a 2 no outro jogo do grupo, bastava aos argentinos a vitória, que veio com gol no fim na Argentina.

Após eliminação do Flamengo, presidente prefere falar de política, não de futebol 

"Era preciso ter calma para superar os obstáculos. Este era um a mais. Estava mais difícil que antes de começar no segundo tempo, mas seguimos com confiança e convencido de que podíamos reverter isto. Depois se deu de forma dramática, e explodiu tudo", comemorou.

Com o resultado, o San Lorenzo se classificou para as oitavas de final na liderança do grupo 4, com dez pontos, mesma marca do Atlético, segundo colocado. Tudo isso após os argentinos somarem apenas um ponto após as três primeiras rodadas, com duas derrotas e um empate.

Bertozzi: 'Um time com o tamanho do Flamengo não pode entrar em competições para ser coadjuvante'

"O que remamos quando nos davam como eliminados, e a quantidade de coisas que se dizem quando se erra nos prognósticos, quero ver amanhã como voltarão atrás. Não deve apressar-se para fazer avaliações tão determinantes porque o futebol tem estes momentos", encerrou.

Depois de eliminação, jogadores do Flamengo desembarcam e ninguém fala com imprensa, veja