Com gol contra, Palmeiras derrota Inter e garante vantagem nas oitavas Copa do Brasil

ESPN.com.br
Assista ao gol da vitória por 1 a 0 do Palmeiras sobre o Inter

Com força máxima e no segundo jogo sob o comando de Cuca, o Palmeiras derrotou o Internacional por 1 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo, na noite desta quarta-feira, no primeiro confronto pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

O triunfo garante uma vantagem magra, mas importante para o Palmeiras no jogo de volta, no dia 31 de maio, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, às 21h45 (de Brasília). 

Qualquer empate classificará a equipe alviverde. Se marcar um gol, obrigará o rival a triunfar por diferença de dois para buscar a vaga nas quartas (exemplo: 3 a 1, 4 a 2 e 5 a 3). Derrota por 1 a 0 levará a definição do classificado para os pênaltis.

O gol palmeirense nem foi de um palmeirense. Após cruzamento rasteiro do atacante Willian, o zagueiro Léo Ortiz se precipitou e acabou desviando para a própria meta.

  • Recordista no Allianz Parque

Com o jogo desta noite, Cuca soma agora 22 partidas no local como treinador. Assim, ele igualou Marcelo Oliveira. Ambos são os recordistas no Allianz Parque.

Vale lembrar que ambos também foram campeões no local. Marcelo Oliveira levantou a Copa do Brasil de 2015. Já Cuca o Campeonato Brasileiro de 2016.

  • Bom clássico

Apesar de o Inter estar na Série B e o Palmeiras ser um dos favoritos ao título do Brasileiro, a disputa desta quarta-feira foi bem parelha. Ambas as equipes jogaram bem.

E a primeira jogada de perigo foi dos colorados. Em um escanteio batido por D'Alessandro, o atacante Borja desviou contra a própria meta, as 12. A bola bateu na trave. No rebote, Cirino finalizou para o gol, mas Borja dessa vez ajudou e salvou em cima da linha.

GazetaPress
Guerra comemora gol palmeirense contra o Internacional, no Allianz Parque
Guerra comemora gol palmeirense contra o Internacional, no Allianz Parque

Aos 23, novamente os colorados chegaram com perigo. Dessa vez Marcelo Cirino finalizou de cabeça, após cruzamento de William, e levou perigo à meta alviverde.

As duas chances citadas são uma mostra de que Internacional buscou o jogo. Mas o Palmeiras dificilmente deixa passar em branco o placar quando joga em casa.

Assim, abriu o placar aos 32 minutos. Felipe Melo lançou Willian. O atacante recebeu na direita e cruzou para a pequena área. O zagueiro Léo Ortiz se precipitou e desviou contra.

  • Trucando

O segundo tempo iniciou um pouco mais truncado, sem tantas chances de gol.

Era natural. O Palmeiras mudou o posicionamento, buscando mais os contra-ataques. E o Internacional tentou ser mais precavido, evitando permitir ao rival ampliar a vantagem.

Aos 20 minutos, os palmeirenses deram início a uma grande pressão. Aos 24, Willian finalizou da entrada da área, com um chute forte, mas o goleiro Daniel fez grande defesa.

Prass fala de impotância de não tomar gol em casa e avalia punição na Libertadores
  • Próximos jogos

No sábado, o Palmeiras jogará contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. No mesmo dia o Internacional jogará com o ABC, no Beira-Rio, no complemento da segunda rodada da Série B do Nacional.

Gian analisa Palmeiras x Inter e opina sobre Borja: 'Eu não o tiraria do time'
  • Ficha técnica

PALMEIRAS 1 X 0 INTERNACIONAL

Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 17 de maio de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (ambos de SC)
Cartões amarelos: Felipe Gutierrez, Rodrigo Dourado (INT); Erik (PAL)
Público: 31.463 pagantes
Renda: R$ 1.858449,57
Gols: Léo Ortiz (contra)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Yerry Mina e Zé Roberto; Felipe Melo e Tchê Tchê; Willian (Fabiano), Guerra (Erik) e Dudu; Borja (Roger Guedes). Técnico: Cuca

INTERNACIONAL: Daniel; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta, Uendel (Iago); Rodrigo Dourado, Fabinho (Roberson), Felipe Gutiérrez, D?Alessandro; Nico López e Marcelo Cirino. Técnico: Antônio Carlos Zago