Nadal diz que não ficou surpreso por Federer desistir de Roland Garros

Agência Gazeta Press
Getty Images
Rafael Nadal diz que não ficou surpreso por Federer desistir de Roland Garros
Rafael Nadal diz que não ficou surpreso por Federer desistir de Roland Garros

Nesta semana, Roger Federer anunciou que não disputará a edição de 2017 de Roland Garros. Desta maneira, o suíço pulará completamente a temporada de saibro do circuito mundial, o que causou surpresa em muitas pessoas. Porém, quem achou a decisão compreensível foi Rafael Nadal, maior rival do suíço e maior vencedor da história da terra batida.

"Não foi surpreendente o fato de Roger não jogar Roland Garros, pois teria sido surpreendente se fosse o contrário. Acho que sua decisão foi lógica, pois, se não jogou nenhum torneio no saibro até o momento, não teria sentido começar do mais importante, disputado em cinco sets. Então, é normal que não jogue lá e que já tivesse tomado essa decisão antes", disse.

Aliás, Federer e Nadal são os dois tenistas que mais conquistaram pontos na atual temporada, ambos com três troféus. Os de Rafael Nadal foram alcançados nas últimas semanas, todos no saibro, em Monte Carlo, Barcelona e Madri. O Touro Miúra celebrou o início de ano, não só na terra batida, já que também chegou em outras três finais em quadra rápida, na Austrália, em Acapulco e em Miami.

"Conquistei três títulos, então estou jogando bem. Estou muito feliz com meu desempenho em todas as superfícies, não só no saibro. É importante ter um bom começo", finalizou o canhoto espanhol.

Na atual temporada, os tenistas já se enfrentaram três vezes, todas com vitória de Federer, no Aberto da Austrália e nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami. Porém, no confronto direto, Nadal segue tendo ampla vantagem, com 23 vitórias, contra 14 do suíço.