Técnico do Ajax diz que Mourinho não pode reclamar de elenco cansado

Gazeta Press
Getty
Peter Bosz, técnico do Ajax
Peter Bosz, técnico do Ajax

Ajax e Manchester United fazem, em jogo único, a final da Liga Europa, segundo principal torneio continental europeu. Depois do técnico do time inglês, José Mourinho, lamentar das lesões e do cansaço de seus jogadores na reta final da temporada, o treinador holandês, Peter Bosz, rebateu as palavras de seu futuro rival.

"O mestre dos jogos mentais não tem direito de reclamar, tendo em conta a força do elenco que ele tem à sua disposição. Se olhar para os times titulares que ele tem apresentado durante a temporada, então ele está jogando quase com duas equipes diferentes, uma para a Liga Europa e outra para o Campeonato Inglês", afirmou Bosz.

O Ajax vem se preparando para a grande decisão europeia apenas com treinos padrões, sem amistosos, uma vez que o Campeonato Holandês já conheceu seu fim. Para Bosz, os aproximadamente 56 jogos feitos pelo elenco branco e vermelho na temporada são mais do que suficientes para o time.

"Se os jogadores que jogam na Liga Europa não jogam depois no Campeonato Inglês, então eles descansam tanto quanto os meus jogadores", acrescentou o técnico sobre o recheado elenco de José Mourinho.

Festa sem fim! Veja a comemoração do título do Feyenoord nas ruas de Roterdã

Protagonista do futebol europeu no século passado, o Ajax perdeu espaço entre as grandes competições, tendo chegado a sua última final de Liga dos Campeões na temporada 1995/96, quando foram derrotados pela Juventus.

Sem o título holandês, que foi conquistado pelo Feyenoord após uma seca de 18 anos, o Ajax agora aposta todas as suas fichas na grande decisão da Liga Europa. A final envolvendo sete títulos da Liga dos Campeões (quatro do Ajax, três do United) acontece no dia 24 de maio, às 15h45 (de Brasília).