Ronaldinho relembra título das Confederações em 2005 e ressalta importância do torneio

Gazeta Press
Getty
Kaká, Robinho e Ronaldinho beijam a taça da Copa das Confederações de 2005.
Kaká, Robinho e Ronaldinho beijam a taça da Copa das Confederações de 2005.

Ronaldinho Gaúcho foi um dos nomes a brilhar em Copa das Confederações com a camisa da seleção brasileira. Para relembrar os momentos que passou no torneio, o craque deu entrevista para o site oficial da Fifa, e comentou sobre a importância que a competição ganhou nos últimos anos.

"É o caminho final para chegar na Copa do Mundo, então todos os jogadores tem consciência que se fizerem uma boa Copa das Confederações praticamente estão bem encaminhados para a Copa do Mundo. Então, se tornou uma competição importante", disse o atleta.

A primeira participação do ex-melhor jogador do planeta ocorreu em 1999, no México, em que o Brasil acabou ficando com o vice, perdendo a final para a seleção anfitriã. A edição lembrada com maior carinho pelo jogador, no entanto, certamente é a de 2005, na Alemanha, que terminou com a canarinho levantando a taça.

"Foi o torneio que abriu as portas da Seleção para mim. Infelizmente não fomos campeões, mas tive a felicidade de me sair muito bem. Depois na Alemanha, ser coroado campeão como capitão e ter o prazer de levantar aquele troféu, foi a competição me deu minha consolidação no time principal da Seleção Brasileira", lembrou.

Pep Guardiola falou aos microfones dos canais ESPN de forma exclusiva; assista

O título foi coroado com uma atuação memorável na final, na vitória por 4 a 1 diante da Argentina: "Aquele foi um jogo marcante. Em qualquer lugar que passo, todo mundo sempre comenta desse jogo. No Brasil sempre passam gols e melhores momentos, foi um jogo que marcou uma época", completou Ronaldinho.