Polonesa dá mais um show, frustra sonho brasileiro e mantém cinturão

ESPN.com.br
Getty
Joanna Jedrzejczyk venceu mais uma brasileira e manteve o título
Joanna Jedrzejczyk venceu mais uma brasileira e manteve o título

Não tem jeito: Joanna Jedrzejczyk é mesmo a mulher com até 52kg mais forte do mundo. A polonesa mais uma vez destruiu o sonho de uma brasileira: neste sábado, no UFC 211, atropelo Jéssica Bate-Estaca e manteve o cinturão peso palha do Ultimate.

Após ser nocauteado, Cigano chora durante entrevista coletiva e explica o motivo

O roteiro da luta foi parecido com o que os fãs já se acostumaram. Jedrzejczyk até começou um pouco mais devagar e deu brechas no primeiro round. Depois, porém, achou a velocidade da luta e não deu qualquer chance à rival.

É a segunda brasileira que tem o sonho de título frustrado pela polonesa - antes, Claudia Gadelha também havia sido dominada pela campeã.

Jedrzejczyk encaixou sua 14ª vitória em uma carreira que não conhece outro resultado. Foi a quinta defesa de título dela.