Osasco perde no Mundial Feminino e coloca classificação em risco

ESPN.com.br
Veja lances de Vôlei Nestlé Osasco 1 x 3 Eczacibasi

No Japão, na última terça, o Vôlei Nestlé Osasco entrou em quadra pelo Mundial de Clubes de vôlei feminino, mas acabou superado pelo Eczacibasi, da Turquia, atual bi-campeão da competição.

Após uma boa vitória na estreia, as brasileiras sucumbiram em quatro sets, parciais de 25/21, 20/25, 25/16 e 25/13, em 1h51min, e colocaram em risco a vaga para a próxima fase da competição.

O técnico Luzomar reclamou do pouco tempo entre a primeira e a segunda partida do torneio, menos de 24h: "Acho que nunca havia jogado dois jogos no mesmo dia, pois para quem está no Brasil fizemos uma partida às 3h e a outra às 22h."

As destaques turcas do jogo foram Tijana Boskovic, Nade Baladin e Larson-Burbach, com respectivamente 17, 16 e 15 pontos; no lado brasileiro, a maior pontuadora foi Bjelica, com 16.

Em evento, o espnW mostra como as mulheres ainda são tratadas com diferença no esporte

Após o revés, o Osasco caiu para a segunda posição do grupo B, empatado em pontos justamente com o Eczacibasi. Na terceira e última rodada, enfrentarão o time a sua frente, Volero Zurich (da Suíça), que ainda não foi derrotado no torneio.

Divulgação
O tecnico Luzomar, durante a partida
O tecnico Luzomar, durante a partida

Para avançar, o clube brasileiro precisa triunfar por 3 a 0 ou 3 a 1 (classificando-se, respectivamente, em 1º ou 2º lugar do grupo dependendo desse resultado). Caso contrário, entrará na disputa secundária, do 5º ao 8º do torneio.

Finalmente, o Luzomar disse que a preparação será fundamental, uma vez que agora a equipe terá mais tempo até a próxima partida, que acontece na sexta-feira: "Temos um dia para estudar a equipe do Volero, o que não foi possível entre a primeira e a segunda partidas."

"O grupo está bem embolado e se vencermos a última partida temos chances de classificação."