Joaçaba vira sobre o Joinville no fim e vence clássico catarinense pela LNF

Agência Gazeta Press
Divulgação/Joaçaba Futsal
Joaçaba marcou quatro gols na etapa final e conquistou uma importante vitória
Joaçaba marcou quatro gols na etapa final e conquistou uma importante vitória

O Joinville não fez valer o fator casa e, atuando no Centreventos Cau Hansen, foi superado pelo Joaçaba por 4 a 2, nesta segunda-feira, em partida válida pela quarta rodada da Liga Nacional de Futsal (LNF). Xuxa fez os dois gols dos donos da casa no primeiro tempo, mas Selbach, Vitor Hugo, Rennan e Ernani marcaram para os visitantes na etapa final e decretaram a virada.

Com o resultado, o Joaçaba chegou a oito pontos e assumiu a vice-liderança da competição, atrás apenas do líder Pato. O Joinville, por sua vez, estacionou nos três pontos e permaneceu no 13º lugar na tabela de classificação.

As duas equipes voltam à quadra pela LNF somente na próxima semana. No dia 19 de maio, sexta-feira, o Joinville visita o Foz Cataratas, no Ginásio Ministro Costa Cavalcanti, às 20h15 (de Brasília). No dia 20, o Joaçaba recebe o Pato, às 19 horas (de Brasília), no Centro de Eventos da UNOESC.

Jogando diante de seu torcedor pela primeira vez nesta edição da LNF, o Joinville começou a partida embalado e não demorou a abrir o placar. Logo com três minutos de bola rolando, Eka fez bem o papel de pivô e rolou na ala esquerda para Xuxa chegar batendo de primeira, por debaixo das pernas de Rennan.

Empolgado com o gol marcado no início, o Joinville tratou de comandar as ações para tentar ampliar a vantagem. No entanto, o Joaçaba mostrou força defensiva para barrar as investidas dos donos da casa.

De tanto insistir, o Joinville chegou ao segundo gol na marca de 17 minutos, aproveitando o benefício de ter um jogador a mais em quadra com a expulsão de Matheus. Jackson rolou na esquerda para Xuxa finalizar pelo alto na saída do goleiro.

Em desvantagem no marcador, o Joaçaba voltou com uma postura mais ofensiva na etapa complementar e quase diminuiu o prejuízo logo aos três minutos, em finalização de Bynho que explodiu na trave. A estratégia deu certo aos 11 minutos, quando Selbach descontou para o time do oeste catarinense.

O jogo ganhou em emoção nos instantes finais. O Joaçaba manteve a postura ofensiva em busca do empate, enquanto o Joinville se fechou na marcação para segurar o resultado.

Quando a partida se encaminhava para a vitória do Joinville, o Joaçaba chegou ao empate, após Vitor Hugo pegar rebote de finalização de Bynho.

Os donos da casa, então, foram para o tudo ou nada e apostaram no goleiro-linha, mas a estratégia não deu certo. Os visitantes fizeram dois gols no minuto final, com Ernani e o goleiro Rennan, e conseguiram a virada.