Eleita melhor defensora, Duda Amorim é tricampeã da Liga dos Campeões

Gazeta Press
Getty Images
Duda Amorim na final contra o HC Vardar
Duda Amorim na final contra o HC Vardar

A brasileira Duda Amorim segue fazendo história no handebol brasileiro e mundial. Neste domingo, a atleta ajudou seu time, o Gyori Audi ETO, da Hungria, a conquistar o tricampeonato da Liga dos Campeões da modalidade. Na final, disputada em Budapeste, a equipe venceu o HC Vardar, da Macedônia, por 31 a 30.

O duelo decisivo foi equilibrado do início do fim, tanto que acabou empatado em 26 a 26 no tempo normal. Na prorrogação, as húngaras levaram a melhor e conquistaram o terceiro título do torneio, do qual já se sagraram campeãs em 2013 e 2014.

Com isso, Duda Amorim conquistou a Liga dos Campeões pela terceira vez. Além disso, pelo segundo ano consecutivo, a brasileira foi eleita a melhor defensora da competição através de votação popular. A atleta acumula títulos, e já foi premiada como a melhor jogadora do mundo em 2014, além de ajudar o Brasil na conquista do Mundial de 2013.

Em evento, o espnW mostra como as mulheres ainda são tratadas com diferença no esporte

Duda celebrou o título com o time. "Estou muito feliz. Foi lindo. Jogamos como equipe, acreditamos desde o início. No final, foi um ataque de coração. Olhávamos uma no olho da outra e sabíamos que ia dar certo. Agora, vou comemorar bastante porque esse time merece. Agradeço a torcida toda do Brasil. Obrigada por terem torcido tanto por nós", disse Amorim.