Invencível! Anthony Joshua nocauteia Wladimir Klitschko em super-luta e chega à 19ª vitória seguida

ESPN.com.br
Em Wembley, Anthony Joshua atropelou o temido Wladimir Klitschko para seguir invicto; assista

Em um combate histórico no Estádio de Wembley, em Londres, o britânico Anthony Joshua mostrou por que é um dos maiores nomes do boxe atual. Neste sábado, ele venceu ninguém menos que o ucraniano Wladimir Klitschko por nocaute técnico, no 11º round, e manteve sua invencibilidade na carreira: são incríveis 19 vitórias em 19 combates.

E o mais impressionante: todas as suas vitórias como profissional foram por nocaute ou nocaute técnico.

Com o triunfo, Joshua manteve seu título dos pesados da IBF (Federação Internacional de Boxe) e ainda levou mais dois cintuões para casa: o da WBA (Associação Mundial de Boxe), que estava vago, e o da IBO (Organização Internacional de Boxe).

Em uma grande luta, o britânico conseguiu derrubar Klitschko logo no início, mas levou o troco no meio do combate e também foi à lona. Depois de derrubar o adversário, Wladimir passou a dominar o combate e parecia que arrancaria para a vitória em pleno Estádio de Wembley.

Nick Potts/PA Images via Getty Images
Wladimir Klitschko Derrota Boxe 29/04/2017
Klitschko sofreu seu 5º nocaute na carreira

No 11º round, porém, Joshua reagiu e partiu para cima do adversário. Derrubou Klitschko com um gancho espetacular, mas o ex-campeão se levantou. O inglês derrubou de novo, e Klitschko insistiu em seguir lutando. Depois de colocar o rival contra as cordas e castigá-lo impiedosamente, porém, Joshua viu o árbitro David Fields encerrar a luta por nocaute técnico.

Essa foi apenas a 5ª derrota de Klitschko, que ainda assim segue com um cartel impressionante: 64 vitórias. Foi a 4ª vez que o ex-campeão dos pesados foi nocauteado.

Richard Heathcote/Getty Images
Anthony Joshua Comemora Vitoria Wladimir Klitschko Boxe 29/04/2017
Anthony Joshua comemora com seus cinturões após a vitória em Wembley

E Anthony Joshua, que tem só 27 anos, parece viver o auge. Além das 19 vitórias seguidas e os três cinturões, ele ainda pode se orgulhar de ter uma medalha de ouro olímpica, vencida quando ele ainda era amador, nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

A luta deste sábado foi acompanhada in loco por 90 mil pessoas no "templo sagrado" do futebol inglês, e rendeu uma bolsa de 30 milhões de libras (R$ 123 milhões) ao vencedor.

Agora, a expectativa é que Joshua faça outra super-luta: contra o também britânico Tyson Fury, ainda invicto na carreira: 25 vitórias em 25 lutas - 18 por nocaute, sete por decisão.