Norte-americana campeã na Rio 2016 recebe punição de um ano

Agência Gazeta Press
Getty
Americana foi suspensa por um ano
Americana foi suspensa por um ano

Campeã olímpica nos Jogos do Rio 2016, a norte-americana Brianna Rollins sofreu uma forte punição, nesta quinta-feira. A atleta de 25 anos foi banida por um ano pela Agência Antidoping dos Estados Unidos por ter faltado a três testes antidoping.

Os testes são realizados em períodos sem competições e Brianna Rollins não justificou seu paradeiro em três oportunidades. A atleta não solicitou informações à Agência Antidoping dos Estados Unidos sobre seu paradeiro nos últimos meses. Em carta oficial, a Agência determinou suspensão de 12 meses a Rollins por não ter arquivado informações necessárias.

"Fico muito triste de perder a temporada 2017. Eu admito completa responsabilidade pelos erros que levaram a minha suspensão e estou desapontada de perder os próximos eventos. Isso é um resultado de minha confusão sobre o programa da Agência", afirmou Rollins.

A norte-americana conquistou a medalha de ouro e liderou a equipe de seu país nos 100 metros com barreira, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.