Barcelona não consegue reverter punição de Neymar no Espanhol

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Getty Images
Neymar, Barcelona, 2017
Neymar, Barcelona, 2017

O Barcelona ainda não desistiu de contar com Neymar no clássico contra o Real Madrid, às 15h45 (de Brasília), deste domingo. Após receber a punição de três jogos pela expulsão contra o Málaga - um jogo automático e mais dois por aplaudir a decisão do árbitro-, o clube tenta reverter a sanção de todas as maneiras para que o brasileiro possa encarar os merengues. Porém, segundo o Mundo Deportivo, a primeira tentativa foi negada. O Comitê de Apelação da Federação Espanhola de futebol recusou, nesta quinta-feira, o recurso do Barça, que pretendia suspender a condenação do brasileiro.

Apesar da recusa, o segundo colocado do Campeonato Espanhol com 72 pontos - três pontos a menos que o Real Madrid-, ainda vai levar o caso para o Tribunal Administrativo de Esportes (TAD na sigla em espanhol) para que consiga uma liminar que disponibilize a utilização do atacante no encontro contra os galácticos.

André Linares repercute eliminação do Barcelona na Champions

Neymar foi expulso na partida válida pela 31ª rodada do campeonato nacional após receber dois cartões amarelos. O primeiro se deu porque o brasileiro atrasou uma cobrança de falta do adversário amarrando a chuteira em frente à bola. Depois, o craque acabou cometendo uma falta dura e recebeu o segundo cartão. Após a expulsão, ele aplaudiu ironicamente a decisão do juiz e acabou punido por três partidas pela Comissão de Competições da Federação Espanhola.