Botafogo espera pressão por parte do Barcelona-EQU na Libertadores

Gazeta Press
Getty
Camilo marcou gol para o Botafogo contra o Nacional
Camilo marcou gol para o Botafogo contra o Nacional

Passada a derrota por 2 a 0 para o Vasco na final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o Botafogo já se concentra no duelo desta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), diante do Barcelona-EQU no Estádio Monumental, em Guayaquil, no Equador, pela terceira rodada do Grupo 1 da Copa Libertadores.

O técnico Jair Ventura e os jogadores estão analisando o adversário e acreditam que vão enfrentar uma forte pressão fora de casa.

"O Barcelona costuma pressionar muito os adversários quando joga em casa e vai tentar tirar proveito disso contra o Botafogo. Vamos encontrar dificuldades porque é um time que tem muita qualidade, principalmente ofensiva", analisou o volante Bruno Silva.

O goleiro Gatito Fernández concorda. "Vai ser um jogo ainda mais complicado do que foi contra o Atlético Nacional-COL, quando conseguimos ganhar (2 a 0) com muita dificuldade. Isso porque à medida que a competição avança os duelos vão se tornando ainda mais decisivos", disse o paraguaio.

Evoluções de Botafogo e Vasco e ambições de Fla e Flu: Mauro traça perspectivas do ano dos cariocas

Na manhã desta terça-feira, além da comissão técnica, embarcaram para o Equador o goleiro Helton Leite, os zagueiros Marcelo e Igor Rabello, o lateral-esquerdo Gilson, os volantes Dudu Cearense, Bruno Silva e Fernandes, além do atacante Guilherme. Lá eles se juntam a Gatito Fernández, aos zagueiros Joel Carli, Emerson Silva e Emerson Santos, ao lateral-esquerdo Víctor Luís, aos volantes João Paulo e Rodrigo Lindoso, ao meia Camilo e aos atacantes Rodrigo Pimpão e Roger. O atacante Sassá, liberado para acompanhar o nascimento do filho, se junta à delegação na quarta-feira.

Gilson enaltece momento do Bota na Libertadores e quer vitória para encaminhar classificação

Em relação ao grupo que estava na Colômbia, a única alteração foi a entrada de Marcelo no lugar do meia Leandrinho, que sofreu uma lesão na perna direita contra o Vasco.

O time para quinta-feira deverá ser o mesmo que venceu o Atlético Nacional: Gatito Fernández; Emerson Santos, Joel Carli, Emerson Silva e Víctor Luís; Bruno Silva, João Paulo, Rodrigo Lindoso e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger. Nesta quarta-feira o elenco realiza o último treino antes da partida.