Destaque pelo 'Fair Play' que salvou Jô, Rodrigo Caio afirma: 'Fiz só o que deveria fazer'

ESPN.com.br
Daniel Vorley/ Agif/Gazeta Press
Rodrigo Caio se destacou pela honestidade em campo
Rodrigo Caio se destacou pela honestidade em campo

O São Paulo deixou o gramado do Morumbi debaixo de vaias após a derrota por 2 a 0 na primeira semifinal do Campeonato Paulista, contra o Corinthians. Porém, ao menos um jogador foi merecedor de palmas.

Aos 39 minutos do primeiro tempo do clássico deste domingo, o placar já marcava 1 a 0 para o Corinthians, Jô, autor do gol que abriu o placar, recebeu cartão amarelo por um suposto pisão em Renan Ribeiro. Rodrigo Caio, no entanto, interveio para livrar o "carrasco" da advertência que o tiraria do jogo da volta, em Itaquera.

No lance, o zagueiro do São Paulo ganhou a frente na disputa com o atacante do Corinthians, e foi ele quem acabou tocando no goleiro. Rodrigo Caio se aproximou do árbitro Luiz Flávio de Oliveira e admitiu que foi ele o autor do choque. A arbitragem, então, voltou atrás e retirou o cartão.

"Não fiz nada demais, fiz só o que deveria fazer", disse o defensor ao deixar o gramado, ainda chateado pelo péssimo resultado da partida.

Assista aos gols da vitória do Corinthians sobre o São Paulo por 2 a 0

Com a derrota por 2 a 0, o São Paulo terá que vencer por três gols para ficar com a vaga de forma direta. Com dois gols de vantagem a disputa irá para os pênaltis. O jogo da volta está marcado para o próximo domingo, às 16h00 (de Brasília), em Itaquera. O Corinthians jogará com apenas seus torcedores nas arquibancadas, e também com Jô em campo.