Árbitro relata arremesso de isqueiro 'que causou pequena explosão' na Vila Belmiro

Gazeta Press
Sálvio aponta gol legal do Santos e analisa pênalti reclamado pelo Palmeiras

Árbitro do clássico entre Santos e Palmeiras, Flávio Rodrigues de Souza relatou em súmula o arremesso de um isqueiro em direção a um jogador do Verdão, o que causou "uma pequena explosão", após a partida disputada neste domingo, na Vila Belmiro.

Como determina o Ministério Público de São Paulo, apenas a torcida do Santos pôde acompanhar a partida. O clube pode ser julgado no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) e acabar punido com a perda de mando de campo, se considerado culpado pelo ocorrido. O árbitro foi comunicado do ato por um colaborador da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Além disso, a súmula de Flávio Rodrigues de Souza aponta para um copo atirado durante a comemoração do segundo gol do Palmeiras, marcado pelo atacante Willian, aos 42 minutos do segundo tempo. O volante Felipe Melo pegou o copo e o mostrou para Tatiane Camargo, árbitra auxiliar. No entanto, o Santos identificou o responsável pelo arremesso e deve se livrar de punição.

Assista aos gols da vitória do Palmeiras sobre o Santos por 2 a 1!

Abaixo, veja o relato da súmula na íntegra:

Informo que aos 42 minutos do 2 tempo, durante a comemoração de gol da equipe da S. E. Palmeiras, foi arremessado um copo de água pela torcida do Santos F. C. em direção aos jogadores do Palmeiras, não os atingindo. Após o termino da partida, fomos procurados pelo supervisor de futebol da equipe do Santos F. C.,sr. José Carlos de Oliveira, informando que o torcedor que arremessou este copo de água foi identificado, conforme boletim de ocorrência apresentado.

Fomos procurados também, após o término da partida, pelo colaborador da FPF sr. Osvaldo Amorim, que nos informou que foi arremessado em direção ao jogado do S.E. Palmeiras, que concedia entrevista, um isqueiro que causou uma pequena explosão, porém não atingindo ninguém.